Imprensa livre e independente
09 de fevereiro de 2019, 10h16

Eduardo Bolsonaro diz que população tem que julgar comportamento de Mourão

Incômodo da cúpula do governo Bolsonaro com o vice, general Hamilton Mourão, é cada vez mais evidente

Reprodução
O incômodo da família Bolsonaro e da cúpula do governo com a postura de protagonismo assumida nas últimas semanas pelo vice-presidente, Hamilton Mourão, é cada vez mais evidente. Nesta sexta-feira (8), em entrevista à revista direitista Crusué, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-RJ) sugeriu que a população faça “julgamento” do comportamento do general. “O Mourão tem as opiniões dele e tem se expressado. Cabe à população fazer o julgamento se isso é certo ou errado”, disse o parlamentar. Informações de bastidores dão conta de que a cúpula do governo, incentivada principalmente por Eduardo Bolsonaro, filho mais próximo do “guru” direitista...

O incômodo da família Bolsonaro e da cúpula do governo com a postura de protagonismo assumida nas últimas semanas pelo vice-presidente, Hamilton Mourão, é cada vez mais evidente. Nesta sexta-feira (8), em entrevista à revista direitista Crusué, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-RJ) sugeriu que a população faça “julgamento” do comportamento do general.

“O Mourão tem as opiniões dele e tem se expressado. Cabe à população fazer o julgamento se isso é certo ou errado”, disse o parlamentar.

Informações de bastidores dão conta de que a cúpula do governo, incentivada principalmente por Eduardo Bolsonaro, filho mais próximo do “guru” direitista Olavo de Carvalho, tenta, nos últimos dias, isolar Mourão. Isso porque o vice-presidente tem expressado opiniões opostas às de Bolsonaro, aparecido mais na mídia e se tornado “queridinho” dos jornalistas em Brasília.

Leia também
“Fogo amigo”: incomodado, Eduardo Bolsonaro estaria municiando Olavo e Bannon contra Mourão

No último domingo (3), a Coluna Painel, da jornalista Daniela Lima, informou que militares escalados pelo governo terão uma “conversa franca” com o vice-presidente. Esses interlocutores teriam por objetivo conquistar de Mourão um compromisso claro de alinhamento com o governo.

Veja também:  Governo quer cobrar aluguel dos mais pobres em nova versão do Minha Casa Minha Vida

Muitos aventam a possibilidade de Mourão estar tentando se mostrar uma pessoa mais preparada que Bolsonaro diante de qualquer crise que possa vir a se instalar e, principalmente, pelo fato de que o presidente está internado e sem previsão de alta.

 

Fórum em Brasília, apoie a Sucursal

Fórum tem investido cada dia mais em jornalismo. Neste ano inauguramos uma Sucursal em Brasília para cobrir de perto o governo Bolsonaro e o Congresso Nacional. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Clique no link abaixo e faça a sua doação.

Apoie a Fórum