Imprensa livre e independente
04 de abril de 2014, 09h14

Em 2012, doações de empresas jorraram para o PSDB-MG. Que nem tinha candidato em BH

Levantamento mostra que o PT nacional ficou com R$ 38,9 milhões destes grandes doadores. E o diretório mineiro do PSDB, que faria campanha para 11% do eleitorado brasileiro, recebeu R$ 29,4 milhões

Levantamento mostra que o PT nacional ficou com R$ 38,9 milhões destes grandes doadores. E o diretório mineiro do PSDB, que  faria campanha para 11%  do eleitorado brasileiro, recebeu R$ 29,4 milhões Por Fernando Brito, do Tijolaço O Globo publica um levantamento sobre esta monstruosidade que se tornaram as  doações empresariais para as eleições, cuja continuidade foi garantida, aos 45 minutos do 2° tempo. São mostrados os valores  repassados pelos cinco maiores doadores nas eleições de 2012: Andrade Gutierrez, Camargo Correia, Queiroz Galvão, OAS – todas empreiteiras – e o frigorífico JBS. E, para quem gosta de curiosidades, olhe só que...

Levantamento mostra que o PT nacional ficou com R$ 38,9 milhões destes grandes doadores. E o diretório mineiro do PSDB, que  faria campanha para 11%  do eleitorado brasileiro, recebeu R$ 29,4 milhões

Por Fernando Brito, do Tijolaço

O Globo publica um levantamento sobre esta monstruosidade que se tornaram as  doações empresariais para as eleições, cuja continuidade foi garantida, aos 45 minutos do 2° tempo.

São mostrados os valores  repassados pelos cinco maiores doadores nas eleições de 2012: Andrade Gutierrez, Camargo Correia, Queiroz Galvão, OAS – todas empreiteiras – e o frigorífico JBS.

E, para quem gosta de curiosidades, olhe só que interessante.

O PT nacional ficou com R$ 38,9 milhões destes grandes doadores.

E o diretório mineiro do PSDB, que – em tese – faria campanha para 11%  do eleitorado brasileiro, recebeu R$ 29,4 milhões.

Um detalhe, nas eleições da capital, Belo Horizonte, o PSDB nem sequer tinha candidato a prefeito: apoiou Márcio Lacerda do PSB, que ganhou outros R$ 2,8 milhões.

Veja também:  Flávio Bolsonaro usa fake news e faz tabelinha com Moro no Senado

Será que alguma mente maldosa acha que essa concentração de recursos em Minas, por parte dos grandes doadores, tem algo a ver com a candidatura Aécio Neves?

Claro que não, gente, isso é porque o PSDB  perdeu em quase todas as maiores cidades, ficando apenas com Betim (a 5.ª maior), Divinópolis (12.ª) e Barbacena (19.ª).

E,m 2012, mesmo com essa dinheirama, o fiasco do tucanato foi sério, segundo o insuspeito Estadão:

‘No Estado de Aécio os petistas comandarão cidades que, na média, são 42% maiores do que as que terão prefeitos do PSDB. Os 114 municípios onde o PT ganhou a prefeitura em Minas Gerais somam 3,4 milhões de habitantes. Seu porte médio é de 30 mil pessoas. A média das 142 cidades ganhas pelo PSDB é de 21 mil habitantes e nelas moram cerca de 3 milhões de mineiros.”

Por falta de dinheiro não foi. Ou o dinheiro foi para caixinha da dona baratinha?

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum