ASSISTA
27 de Março de 2017, 11h43

Em cadeira de rodas, Claudia Cruz é hostilizada ao chegar a aeroporto de Curitiba

Jornalista foi até a capital paranaense para visitar o marido, Eduardo Cunha, preso pela Operação Lava-Jato Por Redação A jornalista Claudia Cruz foi hostilizada por uma passageira e chamada de “ladra”, na última quinta-feira (23), ao chegar ao aeroporto de Curitiba para visitar o marido, o ex-deputado Eduardo Cunha, que está preso. Usando cadeira de rodas […]

Jornalista foi até a capital paranaense para visitar o marido, Eduardo Cunha, preso pela Operação Lava-Jato

Por Redação

A jornalista Claudia Cruz foi hostilizada por uma passageira e chamada de “ladra”, na última quinta-feira (23), ao chegar ao aeroporto de Curitiba para visitar o marido, o ex-deputado Eduardo Cunha, que está preso.

Usando cadeira de rodas após um acidente em que quebrou a perna, ela circulou pelo local acompanhada de uma mulher, que empurrava o equipamento, e do motorista que a levaria ao Complexo Médico Penal (CPM) para falar com Cunha.

Claudia Cruz também é ré na Operação Lava-Jato, acusada de lavagem de dinheiro e evasão de divisas por ter pagado despesas pessoais no Brasil e no exterior com um cartão de crédito vinculado a uma conta que recebia propinas do político.

Em depoimento à Justiça, a jornalista alegou que desconhecia a origem do dinheiro do seu cartão e até mesmo a existência da conta.

Com informações do jornal O Globo
Foto: Reprodução/Facebook