Imprensa livre e independente
02 de outubro de 2018, 11h31

Em debate, Kátia Abreu compara Bolsonaro a Trump: “falastrão”

Segundo ela, “Trump é um falastrão” e “faz papel ridículo para todos os lados”. Depois disso, Kátia afirmou que não poderia de deixar de compará-lo ao militar.

Reprodução
Kátia Abreu (PDT), candidata a vice-presidente na chapa de Ciro Gomes (PDT), comparou o candidato Jair Bolsonaro (PSL) a Donald Trump, presidente dos Estados Unidos, durante o debate promovido pelo UOL, Folha de S.Paulo e SBT nesta terça-feira (2). Segundo ela, “Trump é um falastrão” e “faz papel ridículo para todos os lados”. Depois disso, Kátia afirmou que não poderia deixar de compará-lo ao militar. De acordo com ela, seu possível governo não irá “bater continência para a bandeira americana”, mas irá buscar acordos para ampliar o desenvolvimento do País. Mesmo elogiando Barack Obama, ex-presidente dos EUA, Kátia afirmou que...

Kátia Abreu (PDT), candidata a vice-presidente na chapa de Ciro Gomes (PDT), comparou o candidato Jair Bolsonaro (PSL) a Donald Trump, presidente dos Estados Unidos, durante o debate promovido pelo UOL, Folha de S.Paulo e SBT nesta terça-feira (2).

Segundo ela, “Trump é um falastrão” e “faz papel ridículo para todos os lados”. Depois disso, Kátia afirmou que não poderia deixar de compará-lo ao militar. De acordo com ela, seu possível governo não irá “bater continência para a bandeira americana”, mas irá buscar acordos para ampliar o desenvolvimento do País.

Mesmo elogiando Barack Obama, ex-presidente dos EUA, Kátia afirmou que o país “nunca deu moleza” para o Brasil na questão econômica e que, nos últimos 15, 20 anos, não tivemos nada que pudesse promover uma maior articulação no diálogo econômico. Elogiando o agronegócio, Kátia disse que é preciso fazer acordos bilaterais em um próximo governo brasileiro.

Veja também:  Negócios imobiliários de Flávio Bolsonaro estão na mira da quebra de sigilo

Fórum em Brasília, apoie a Sucursal

Fórum tem investido cada dia mais em jornalismo. Neste ano inauguramos uma Sucursal em Brasília para cobrir de perto o governo Bolsonaro e o Congresso Nacional. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Clique no link abaixo e faça a sua doação.

Apoie a Fórum