Imprensa livre e independente
10 de fevereiro de 2018, 10h49

Em evento oficial, procurador do Paraná encerra discurso com “Fora, Temer!”

O procurador de Justiça Olympio de Sá Sotto Maior Neto disse que trabalha com direitos humanos e que fez a declaração por considerar que as políticas de Michel Temer não são benéficas para a área: “Não posso tratar do tema e me retirar da sociedade em que vivo”.

O procurador de Justiça Olympio de Sá Sotto Maior Neto disse que trabalha com direitos humanos e que fez a declaração por considerar que as políticas de Michel Temer não são benéficas para a área: “Não posso tratar do tema e me retirar da sociedade em que vivo”. Da Redação* O procurador de Justiça Olympio de Sá Sotto Maior Neto pediu a saída de Michel Temer do cargo. Representando o Ministério Público do Paraná em um evento oficial, Sotto Maior Neto encerrou seu discurso com um “Fora, Temer!” no palco. As informações são da coluna Painel, da Folha de S.Paulo. Ele...

O procurador de Justiça Olympio de Sá Sotto Maior Neto disse que trabalha com direitos humanos e que fez a declaração por considerar que as políticas de Michel Temer não são benéficas para a área: “Não posso tratar do tema e me retirar da sociedade em que vivo”.

Da Redação*

O procurador de Justiça Olympio de Sá Sotto Maior Neto pediu a saída de Michel Temer do cargo. Representando o Ministério Público do Paraná em um evento oficial, Sotto Maior Neto encerrou seu discurso com um “Fora, Temer!” no palco. As informações são da coluna Painel, da Folha de S.Paulo.

Ele afirmou que trabalha com direitos humanos e que fez a declaração por considerar que as políticas de Michel Temer não são benéficas para a área. “Não posso tratar do tema e me retirar da sociedade em que vivo”, declarou.

*Com informações da Folha de S.Paulo

Foto: Reprodução

 

Veja também:  Em nota, Gleisi rebate general Heleno: “Expõe ódio patológico a Lula e ameaça instituições”

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum