Seja Sócio Fórum
14 de julho de 2017, 19h03

Em jornal do grupo Globo, fruto do mar vira objeto para matéria negativa sobre Lula

“Vendedores de lula comentam condenação de ex-presidente”, diz a manchete de uma matéria negativa sobre o ex-presidente Lula no jornal Extra. Em tempo, Lula lidera todas as pesquisas para a presidência em 2018, mesmo com a sentença. Pauta ou desespero?  Por  Ivan Longo  A sentença do juiz Sérgio Moro condenando o ex-presidente Lula a nove anos e meio de prisão por conta do caso do “triplex do Guarujá” é, sem dúvidas, o assunto da semana na imprensa nacional e até internacional. O Grupo Globo, uma das principais frentes de ataque à figura do ex-presidente nos últimos anos, explorou de tal...

“Vendedores de lula comentam condenação de ex-presidente”, diz a manchete de uma matéria negativa sobre o ex-presidente Lula no jornal Extra. Em tempo, Lula lidera todas as pesquisas para a presidência em 2018, mesmo com a sentença. Pauta ou desespero? 

Por  Ivan Longo 

A sentença do juiz Sérgio Moro condenando o ex-presidente Lula a nove anos e meio de prisão por conta do caso do “triplex do Guarujá” é, sem dúvidas, o assunto da semana na imprensa nacional e até internacional. O Grupo Globo, uma das principais frentes de ataque à figura do ex-presidente nos últimos anos, explorou de tal maneira o assunto que até o fruto do mar que tem o mesmo nome que o do petista foi usado de objeto para uma matéria negativa.

“Vendedores de lula comentam condenação do ex-presidente”, diz a manchete da reportagem publicada nesta quinta-feira (13) pelo jornal carioca Extra, do Grupo Globo.

Na matéria, vendedores de lula e consumidores de um mercado são entrevistados sobre a condenação do ex-presidente.

Qualquer veículo jornalistico sério poderia sair às ruas para perguntar a opinião das pessoas sobre a condenação de um ex-presidente. Mas, qual o objetivo de uma matéria ao associar a condenação do petista à receita de uma lula e ao fato de colocar o fruto do mar “na panela”? Afinal, isso é pauta?

Em tempo, o ex-presidente Lula permanece em liberdade até a decisão da segunda instância e pode, ainda, concorrer à presidência da República em 2018. Todas as pesquisas de opinião o apontam como favorito. Talvez isso ajude a explicar um pouco a ânsia da Globo em explorar o assunto ao ponto de precisar usar um fruto do mar como objeto principal de uma matéria.

Fórum em Brasília, apoie a Sucursal

Fórum tem investido cada dia mais em jornalismo. Neste ano inauguramos uma Sucursal em Brasília para cobrir de perto o governo Bolsonaro e o Congresso Nacional. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Clique no link abaixo e faça a sua doação.

Apoie a Fórum