Imprensa livre e independente
22 de abril de 2019, 20h22

Em nota, Bolsonaro manda Olavo de Carvalho parar de criticar integrantes do governo

“Suas recentes declarações contra integrantes dos poderes da República não contribuem para a unicidade de esforços e consequente atingimento de objetivos propostos em nosso projeto de governo”, diz o presidente

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Jair Bolsonaro resolveu interceder na briga entre Olavo de Carvalho e o general Hamilton Mourão. Em uma nota lida por seu porta-voz, general Otávio Rêgo Barros, ele tentou estancar a crise envolvendo o “guru” da família e o vice-presidente. Bolsonaro mandou o astrólogo parar com seus comentários críticos a integrantes do governo. “Suas recentes declarações contra integrantes dos poderes da República não contribuem para a unicidade de esforços e consequente atingimento de objetivos propostos em nosso projeto de governo”, diz a nota. Em seguida, Bolsonaro fez elogios ao autoproclamado filósofo. O presidente disse que Olavo “teve um papel considerável na...

Jair Bolsonaro resolveu interceder na briga entre Olavo de Carvalho e o general Hamilton Mourão. Em uma nota lida por seu porta-voz, general Otávio Rêgo Barros, ele tentou estancar a crise envolvendo o “guru” da família e o vice-presidente. Bolsonaro mandou o astrólogo parar com seus comentários críticos a integrantes do governo.

“Suas recentes declarações contra integrantes dos poderes da República não contribuem para a unicidade de esforços e consequente atingimento de objetivos propostos em nosso projeto de governo”, diz a nota.

Em seguida, Bolsonaro fez elogios ao autoproclamado filósofo. O presidente disse que Olavo “teve um papel considerável na exposição das ideias conservadoras que se contrapuseram à mensagem anacrônica cultuada pela esquerda e que tanto mal fez ao país”.

“Espírito patriótico”

O porta-voz de Bolsonaro destacou, também, que o presidente “tem convicção de que o professor, com seu espírito patriótico, está tentando contribuir com a mudança e com o futuro do Brasil”.

 

Veja também:  Pesquisa Atlas Político aponta: desaprovação de Bolsonaro supera aprovação pela primeira vez

Fórum em Brasília, apoie a Sucursal

Fórum tem investido cada dia mais em jornalismo. Neste ano inauguramos uma Sucursal em Brasília para cobrir de perto o governo Bolsonaro e o Congresso Nacional. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Clique no link abaixo e faça a sua doação.

Apoie a Fórum