Imprensa livre e independente
20 de dezembro de 2017, 14h43

Em novo ataque machista, Temer se refere às mulheres como “senhoras do lar”

Peemedebista voltou a proferir declarações machistas ao se referir às mulheres, durante evento que marcou a entrega de moradias do programa "Minha Casa, Minha Vida".

Peemedebista voltou a proferir declarações machistas ao se referir às mulheres, durante evento que marcou a entrega de moradias do programa “Minha Casa, Minha Vida”. Da Redação* Para comemorar a entrega de moradias do programa “Minha Casa, Minha Vida”, Michel Temer disse nesta quarta-feira (20) que as mulheres são “senhoras do lar”. O peemedebista voltou a escorregar no discurso machista, embora tenha tentado se salvar, exaltando mulheres que trabalham pelo sustento de suas famílias e acumulam tarefas domésticas. Ajude a Fórum a fazer a cobertura do julgamento do Lula. Clique aqui e saiba mais. Temer já havia causado polêmica ao...

Peemedebista voltou a proferir declarações machistas ao se referir às mulheres, durante evento que marcou a entrega de moradias do programa “Minha Casa, Minha Vida”.

Da Redação*

Para comemorar a entrega de moradias do programa “Minha Casa, Minha Vida”, Michel Temer disse nesta quarta-feira (20) que as mulheres são “senhoras do lar”. O peemedebista voltou a escorregar no discurso machista, embora tenha tentado se salvar, exaltando mulheres que trabalham pelo sustento de suas famílias e acumulam tarefas domésticas.

Ajude a Fórum a fazer a cobertura do julgamento do Lula. Clique aqui e saiba mais.

Temer já havia causado polêmica ao se referir ao sexo feminino. Em março, ele disse ter “convicção do quanto a mulher faz pela casa” e da importância da figura feminina para a formação dos filhos que, segundo ele, é “seguramente” de responsabilidade da mãe. Naquele mês, o peemedebista afirmou que apenas a mulher é capaz de indicar “desajustes” de preços no supermercado. “Na economia também a mulher tem grande participação. Ninguém mais é capaz de indicar os desajustes de preços no supermercado do que a mulher”, afirmou, em discurso no Planalto.

Veja também:  Bolsonaro concede anistia a partidos que não cumpriram cota mínima para mulheres

No mesmo discurso, Temer disse que a mulher ainda é tratada como “figura de segundo grau” no Brasil e que, se a sociedade “vai bem”, é porque as pessoas tiveram boa formação em casa, e “quem faz isso é a mulher”. Entidades de direitos humanos criticaram as declarações e chamaram ele de machista. De 28 pastas na Esplanada dos Ministérios, apenas duas são comandadas por mulheres : a AGU (Advocacia-Geral da União) e Direitos Humanos.

*Com informações do Brasil 247

Foto: Beto Barata/PR/Fotos Públicas

 

Fórum em Brasília, apoie a Sucursal

Fórum tem investido cada dia mais em jornalismo. Neste ano inauguramos uma Sucursal em Brasília para cobrir de perto o governo Bolsonaro e o Congresso Nacional. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Clique no link abaixo e faça a sua doação.

Apoie a Fórum