Imprensa livre e independente
22 de fevereiro de 2016, 19h26

Em programa de TV, PT defende Lula e pede união contra a crise; veja

Partido destaca a valorização dos trabalhadores, geração de empregos e combate à miséria durante os governos do ex-presidente e da presidenta Dilma Da Redação No programa de TV que irá ao ar na próxima terça feira (23/02), o PT defende o ex-presidente Lula, destaca ao avanços sociais, a valorização dos trabalhadores, a geração de empregos e o combate à pobreza durante os quatro últimos governos. O partido pede união nacional contra a crise, lembra que o país já superou outros momentos difíceis e questiona o que chama de perseguição contra si. Mesmo sem citar nominalmente os adversários, o programa mostra...

Partido destaca a valorização dos trabalhadores, geração de empregos e combate à miséria durante os governos do ex-presidente e da presidenta Dilma

Da Redação

No programa de TV que irá ao ar na próxima terça feira (23/02), o PT defende o ex-presidente Lula, destaca ao avanços sociais, a valorização dos trabalhadores, a geração de empregos e o combate à pobreza durante os quatro últimos governos. O partido pede união nacional contra a crise, lembra que o país já superou outros momentos difíceis e questiona o que chama de perseguição contra si.

Mesmo sem citar nominalmente os adversários, o programa mostra reportagens sobre as três vezes que o Brasil teve de recorrer ao FMI (Fundo Monetário Internacional) durante o governo Fernando Henrique Cardoso (PSDB), lembra aqueles que “sempre atacaram e caluniaram” o ex-presidente Lula e critica os que “não admitiram a derrota na eleição” de 2014.

O presidente nacional do partido, Rui Falcão, destaca que as dificuldades vividas hoje pelo Brasil são passageiras e serão superadas sem retirar conquistas da classe trabalhadora, como acontecia em “outros momentos” de dificuldade.

Veja também:  Processo sobre sítio de Atibaia chega ao TRF-4; defesa de Lula pede absolvição

O ex-presidente Lula afirma que o governo do PT cometeu erros, “mas acertou mais do que errou”. Ele destaca a força do agronegócio brasileiro, que o Brasil tem a fonte de energia mais limpa das dez maiores economias do mundo e é o “terceiro maior exportador de aviões do mundo”. Também diz ser mais otimista hoje quanto ao futuro do país hoje do que quando tomou posse em 2003.

Fórum em Brasília, apoie a Sucursal

Fórum tem investido cada dia mais em jornalismo. Neste ano inauguramos uma Sucursal em Brasília para cobrir de perto o governo Bolsonaro e o Congresso Nacional. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Clique no link abaixo e faça a sua doação.

Apoie a Fórum