10 de janeiro de 2019, 18h00

Em reação a vídeo xenófobo, tag #AmoONordestePQ se espalha pelas redes sociais

Após a repercussão do vídeo de dois homens proferindo ataques xenófobos contra nordestinos, internautas saíram em defesa do Nordeste e sua população com a tag #EuAmoONordestePQ, que já é uma das mais mencionadas do Twitter

Reprodução

As redes sociais reagiram rápido ao vídeo xenófobo contra nordestinos que viralizou nesta quarta-feira (9). Nas imagens, dois homens aparecem comemorando a vitória de Jair Bolsonaro na eleição presidencial e fazendo declarações de tom preconceituoso.  “Agora que o Bolsonaro ganhou, graças a Deus, ele vai excluir os nordestinos do grupo. Ele falou que agora é faca na caveira. A gente não vai mais suportar esse pessoal do Acre, de Roraima, esse pessoal do Norte”, disse um dos homens. “A galera do Nordeste tem que parar de gastar o dinheiro que o Sudeste produz”, afirmou outro.

Ambos foram identificados e, em uma nota enviada à imprensa, pediram desculpas e disseram que o vídeo se tratava de uma “brincadeira privada”.

A reação de nordestinos e de centenas de brasileiros de outras regiões foi postar nas redes sociais os motivos pelos quais “amam” o Nordeste com a hashtag #AmoONordestePQ. No Twitter, a tag se tornou uma das mais mencionadas e chegou ao segundo lugar dos Trending Topics, por volta das 17h desta quinta-feira (11).

Confira, abaixo, algumas reações.