Imprensa livre e independente
05 de novembro de 2014, 11h30

Em referendo, Washington DC e Oregon legalizam a maconha

Na capital norte-americana, 69% dos cidadãos votaram favoráveis à liberação do uso recreativo da cannabis.

Na capital norte-americana, 69% dos cidadãos votaram favoráveis à liberação do uso recreativo da cannabis Por Redação O uso recreativo da maconha foi aprovado, por meio de plebiscito, no estado de Oregon, com 54% dos votos, e na capital dos Estados Unidos, Washington DC, com 69%.  Em Washington, os moradores votaram a favor da Iniciativa 71, que legaliza o porte de maconha em até 56 gramas para os maiores de 21 anos e o cultivo pessoal de até seis plantas. A lei aprovada no estado de Oregon prevê a comercialização e a taxação de venda da erva. Também autoriza varejos, desde que cadastrados,...

Na capital norte-americana, 69% dos cidadãos votaram favoráveis à liberação do uso recreativo da cannabis

Por Redação

O uso recreativo da maconha foi aprovado, por meio de plebiscito, no estado de Oregon, com 54% dos votos, e na capital dos Estados Unidos, Washington DC, com 69%.  Em Washington, os moradores votaram a favor da Iniciativa 71, que legaliza o porte de maconha em até 56 gramas para os maiores de 21 anos e o cultivo pessoal de até seis plantas.

A lei aprovada no estado de Oregon prevê a comercialização e a taxação de venda da erva. Também autoriza varejos, desde que cadastrados, a comercializarem, assim como ocorre em Colorado, onde a maconha foi legalizada em 2012.

Ativistas pró-legalização, em Washington, comemoraram o resultado e disseram que ele vai ajudar a diminuir a injustiça racial nas prisões por conta de drogas. De acordo com dados das ONGs, 90% das prisões com relação à comercialização de drogas são de pessoas negras. O estado do Alasca também teve referendo sobre a legalização da maconha, mas a apuração ainda não terminou.

Veja também:  Após ganhar cargo no governo, diretor teatral quer criar banco de artistas conservadores

Segundo pesquisa realizada pelo Instituto Gallup, 58% dos cidadãos estadunidenses são favoráveis à legalização da cannabis.

Foto: HighTimes

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum