Seja Sócio Fórum
02 de setembro de 2016, 12h04

Em sabatina na CBN, Celso Russomanno diz que “doentes mentais são violentos” e que Uber é ilegal

Candidato do PRB à prefeitura de São Paulo deu declarações controversas em entrevista à rádio; confira o vídeo.

Candidato do PRB à prefeitura de São Paulo deu declarações controversas em entrevista à rádio; confira o vídeo Por Redação Durante a sabatina promovida pela rádio CBN, o deputado e candidato à prefeitura de São Paulo Celso Russomanno (PRB) respondeu a perguntas dos jornalistas e de ouvintes sobre seu programa de campanha. Entre as pautas levantadas estavam a regulamentação do Uber e problemas relativos à população de rua. Ao ser perguntado sobre a postura referente à regulamentação do Uber, caso seja eleito, o candidato disse que a gestão atual discute a prestação de serviço, mas está alheia ao debate sobre a legalidade...

Candidato do PRB à prefeitura de São Paulo deu declarações controversas em entrevista à rádio; confira o vídeo

Por Redação

Durante a sabatina promovida pela rádio CBN, o deputado e candidato à prefeitura de São Paulo Celso Russomanno (PRB) respondeu a perguntas dos jornalistas e de ouvintes sobre seu programa de campanha. Entre as pautas levantadas estavam a regulamentação do Uber e problemas relativos à população de rua.

Ao ser perguntado sobre a postura referente à regulamentação do Uber, caso seja eleito, o candidato disse que a gestão atual discute a prestação de serviço, mas está alheia ao debate sobre a legalidade do aplicativo pelo Código de Trânsito. “Enquanto não for regularizado e dada a concessão pública, está na ilegalidade e não vou permitir que isso aconteça”, disse.

Em comentário sobre o enfrentamento à desigualdade na capital, Russomanno utilizou como exemplo as pessoas em situação de rua. Para ele, uma parcela considerável dessa população tem doenças mentais e, por isso, seria violenta.

“Sem estrutura nenhuma para as famílias, essas pessoas acabam abandonadas nas ruas, porque o doente mental, ele é uma pessoa violenta em determinados momentos. Ele agride e quebra as coisas dentro de casa e as famílias, por não terem políticas públicas para o tratamento dessas pessoas, acabam expurgando elas do seu lar”, afirmou.

A repórter da CBN, em seguida, questionou o deputado se não seria “agressivo” dizer que “todas as pessoas com doença mental agridem os outros”.

Confira o vídeo na integra:

Fórum em Brasília, apoie a Sucursal

Fórum tem investido cada dia mais em jornalismo. Neste ano inauguramos uma Sucursal em Brasília para cobrir de perto o governo Bolsonaro e o Congresso Nacional. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Clique no link abaixo e faça a sua doação.

Apoie a Fórum