Imprensa livre e independente
29 de outubro de 2018, 10h19

Em tuíte, Trump diz que falou com Bolsonaro sobre parceria em “comércio e Forças Armadas”

Líder da extrema-direita italiana e ministro do interior, Matteo Salvini também cumprimentou Bolsonaro por "mandar a esquerda para a casa".

Foto: Arquivo
O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, publicou em sua página no Twitter nesta segunda-feira (29) uma mensagem que diz que conversou com Jair Bolsonaro (PSL), presidente eleito do Brasil, ressaltando uma parceria no comércio e nas Forças Armadas. “Tive uma ótima conversa com o recém-eleito presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, que venceu sua corrida por uma margem substancial (de votos). Concordamos que o Brasil e os Estados Unidos trabalharão juntos no comércio, forças armadas e tudo mais! Ligação excelente, desejei-lhe parabéns!”, tuitou o presidente republicano. Had a very good conversation with the newly elected President of Brazil, Jair Bolsonaro,...

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, publicou em sua página no Twitter nesta segunda-feira (29) uma mensagem que diz que conversou com Jair Bolsonaro (PSL), presidente eleito do Brasil, ressaltando uma parceria no comércio e nas Forças Armadas.

“Tive uma ótima conversa com o recém-eleito presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, que venceu sua corrida por uma margem substancial (de votos). Concordamos que o Brasil e os Estados Unidos trabalharão juntos no comércio, forças armadas e tudo mais! Ligação excelente, desejei-lhe parabéns!”, tuitou o presidente republicano.


Líder da extrema-direita italiana e ministro do interior, Matteo Salvini também cumprimentou Bolsonaro por “mandar a esquerda para a casa”. “Bom trabalho para o Presidente #Bolsonaro, a amizade entre os nossos povos e os nossos governos será ainda mais forte”, tuitou o radical italiano, membro do grupo ultra-liberal internacional O Movimento, que é coordenado pelo ex-assessor de Trump, Steve Bannon.

Veja também:  O saldo da Vaza Jato, até aqui

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum