Imprensa livre e independente
29 de outubro de 2018, 16h43

Em vídeo, diretora da FFLCH pede tranquilidade e que se evitem todas as formas de provocação

Alunos e professores da Faculdade de Filosofia Letras e Ciências Sociais se manifestaram contra a "marcha do chola mais", organizada pela página USP Livre, que percorreria o prédio de história da FFLCH, em comemoração à vitória de Jair Bolsonaro

Nesta segunda-feira (29), alunos e professores da Faculdade de Filosofia Letras e Ciências Sociais (FFLCH) se manifestaram contra a “marcha do chola mais”, manifestação organizada pela página USP Livre, que percorreria o prédio de história da FFLCH, em comemoração à vitória eleitoral de Jair Bolsonaro, de acordo com informações da própria página. O evento, classificado como festa pelos estudantes, não tem como objetivo apenas comemorar o pleito presidencial vencido ontem (28), pelo candidato do PSL, mas confrontar estudantes da Faculdade de Filosofia Letras e Ciências Sociais, classificados como de ‘esquerda’ por eles. Na descrição do evento, apoiadores anunciam “vai ter arma para...

Nesta segunda-feira (29), alunos e professores da Faculdade de Filosofia Letras e Ciências Sociais (FFLCH) se manifestaram contra a “marcha do chola mais”, manifestação organizada pela página USP Livre, que percorreria o prédio de história da FFLCH, em comemoração à vitória eleitoral de Jair Bolsonaro, de acordo com informações da própria página. O evento, classificado como festa pelos estudantes, não tem como objetivo apenas comemorar o pleito presidencial vencido ontem (28), pelo candidato do PSL, mas confrontar estudantes da Faculdade de Filosofia Letras e Ciências Sociais, classificados como de ‘esquerda’ por eles.

Na descrição do evento, apoiadores anunciam “vai ter arma para o cidadão de bem sim, vai ter menor em Pedrinhas sim”, usando como referência o complexo penitenciário de Pedrinhas.

Alunos e professores reuniram-se no pátio da Universidade, carregando uma faixa na qual estava escrito “AntiFascista” e decidiram caminhar pela USP, num trajeto entre FAU e CRUSP. A Polícia Militar foi acionada para auxiliar e evitar um possível confronto.

Em nota, a diretora e o vice-diretor da FFCH afirmaram ter contatado a reitoria para que “providências cabíveis fossem tomadas, o que já se concretizou.” Em vídeo, a diretora da faculdade, Maria Arminda do Nascimento Arruda, pede tranquilidade e que se evitem todas as formas de provocação.

 

Veja também:  Fantástico, da Globo, critica duramente Bolsonaro e Joice Hasselmann em quadro de humor

 

Fórum em Brasília, apoie a Sucursal

Fórum tem investido cada dia mais em jornalismo. Neste ano inauguramos uma Sucursal em Brasília para cobrir de perto o governo Bolsonaro e o Congresso Nacional. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Clique no link abaixo e faça a sua doação.

Apoie a Fórum