13 de novembro de 2018, 14h32

Embaixador da Noruega convida Onyx Lorenzoni para conversa sobre a Floresta Amazônica

Futuro chefe da Casa Civil, Lorenzoni se irritou com pergunta sobre parceria entre os dois países e disse que a "Noruega deveria aprender com o Brasil sobre a preservação do meio ambiente".

Reprodução/Twitter

Após declarações do futuro chefe da Casa Civil de Jair Bolsonaro (PSL), o deputado Onyx Lorenzoni (DEM/RS), de que a “Noruega deveria aprender com o Brasil sobre a preservação do meio ambiente”, o embaixador norueguês, Nils Martin Gunneng, fez um convite pelo Twitter.

“@onyxlorenzoni será um prazer receber o Senhor na nossa Embaixada para conversar sobre a floresta e outros áreas do cooperação entre Noruega e Brasil”, tuitou Gunneng nesta terça-feira.

Veja o vídeo: Lorenzoni se irrita com pergunta sobre parceria com a Noruega na área de Meio Ambiente

Segundo o embaixador, em 10 anos de parceria, a Noruega aprendeu muito com o Brasil a respeito de preservação ambiental e os resultados do Fundo Amazônia são “impressionantes para o mundo”. “Temos orgulho por ter contribuído @onyxlorenzoni”, disse, na sequência.

A Noruega é a principal doadora internacional do combate ao desmatamento da Amazônia brasileira. Iniciado com um aporte de US$ 1,1 bilhão do governo da Noruega, o Fundo Amazônia chegou a US$ 1,2 bilhão (R$ 4,6 bilhões no câmbio atual) com doações da Alemanha e da Petrobras.

Lorenzoni se irritou com uma pergunta sobre a parceria entre os dois países em coletiva. “Ah é, sim, sim… A legislação brasileira não vale nada. O que nós fizemos não vale nada, o que vale é a Noruega. E a floresta norueguesa, quanto eles preservaram? Só uma pergunta importante que tem que ser lembrada”, disse o futuro chefe da Casa Civil.

Fórum precisa ter um jornalista em Brasília em 2019. Será que você não pode nos ajudar nisso? Clique aqui e saiba mais