Imprensa livre e independente
30 de dezembro de 2016, 13h46

Embaixadora do Criança Feliz, Marcela Temer não participou de nenhuma reunião do programa

Três meses depois do lançamento, a primeira-dama, nomeada porta-voz do projeto, tem permanecido ausente das atividades.

Três meses depois do lançamento, a primeira-dama, nomeada porta-voz do projeto, tem permanecido ausente das atividades Por Redação Das cinco reuniões já realizadas para definir as estratégias do programa Criança Feliz, do governo federal, Marcela Temer não participou de nenhuma. Já são três meses desde que a iniciativa foi lançada, trazendo a primeira-dama como embaixadora das atividades. Ela foi designada para a divulgação, promoção de eventos e encontros com gestores estaduais e municipais. De acordo com o Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário, responsável pelo projeto, Marcela se encontra periodicamente com o ministro Osmar Terra. Porém, na agenda oficial, não há registros dessas...

Três meses depois do lançamento, a primeira-dama, nomeada porta-voz do projeto, tem permanecido ausente das atividades

Por Redação

Das cinco reuniões já realizadas para definir as estratégias do programa Criança Feliz, do governo federal, Marcela Temer não participou de nenhuma. Já são três meses desde que a iniciativa foi lançada, trazendo a primeira-dama como embaixadora das atividades. Ela foi designada para a divulgação, promoção de eventos e encontros com gestores estaduais e municipais.

De acordo com o Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário, responsável pelo projeto, Marcela se encontra periodicamente com o ministro Osmar Terra. Porém, na agenda oficial, não há registros dessas reuniões. A única ação pública dos dois juntos ocorreu em uma visita a um hospital de Brasília no dia 16 de novembro.

O Criança Feliz, voltado a dar assistência a crianças pobres nos três primeiros anos de vida, é uma das poucas ações do governo Temer na área social, sendo que a verba destinada para o ano que vem é de R$ 300 milhões. A meta para 2017 é atender um milhão de crianças. Em 2016, nenhuma delas foi contemplada. Segundo o governo, isso ocorreu porque o programa estava em fase de implementação.

Veja também:  Damares se arrepende de nomear “ex-feminista” Sara Winter

Com informações da CBN

Foto: Lula Marques

Fórum em Brasília, apoie a Sucursal

Fórum tem investido cada dia mais em jornalismo. Neste ano inauguramos uma Sucursal em Brasília para cobrir de perto o governo Bolsonaro e o Congresso Nacional. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Clique no link abaixo e faça a sua doação.

Apoie a Fórum