09 de fevereiro de 2018, 07h29

Empresas de internet apoiam voto no Congresso dos EUA para reverter revogação da neutralidade da rede

A Associação da Internet disse em uma carta enviada aos líderes do Senado que apoiou o esforço do Senado para reverter a votação, mas também pediu uma solução legislativa.

A Associação da Internet disse em uma carta enviada aos líderes do Senado que apoiou o esforço do Senado para reverter a votação, mas também pediu uma solução legislativa.

Da Redação*

Um grupo comercial representando a Alphabet, o Facebook e outras empresas de internet apoiou uma reversão pelo Congresso dos Estados Unidos da revogação das regras de neutralidade da rede adotada pelo governo do presidente norte-americano, Donald Trump em dezembro. Os democratas do Senado dos EUA disseram em janeiro que tinham o apoio de 50 dos 100 membros da Câmara para a revogação, deixando-os apenas um voto abaixo da maioria. As informações são de David Shepardson, da Reuters.

A Associação da Internet, que também representa a Amazon.com, Microsoft e muitas outras, disse em uma carta enviada aos líderes do Senado que apoiou o esforço do Senado para reverter a votação, mas também pediu uma solução legislativa. “A indústria da internet instiga o Congresso a legislar uma solução permanente”, afirmou o grupo na carta a que a Reuters teve acesso.

*Com informações da Reuters

Foto: Manifestação nos EUA contra o fim da neutralidade da rede (DW)