Seja Sócio Fórum
20 de março de 2019, 14h33

Escolinha de Salvador dá invertida em mãe de aluno que pergunta sobre professor trans

A invertida gerou grande repercussão nas redes sociais e viralizou, sendo compartilhada por mais de 3 mil pessoas no Facebook em menos de 24 horas

Imagem da publicação da Escolinha Maria Felipa nas redes sociais (Reprodução)
A Escolinha Maria Felipa de Educação Infantil, de Salvador (BA), publicou nas suas redes sociais nesta terça-feira (19) uma resposta dada a uma mãe. Buscando uma escola para o filho, mas perguntando, primeiramente, se havia um professor trans na instituição. Na publicação, em uma conversa por whatsapp, a escola é perguntada sobre a presença de um professor trans na escola. A resposta positiva gera nova indagação: “não que eu concorde, mas você não acha que isso pode ter diminuído o número de matrículas de vocês?” A escolinha então rebate: “Quem acha que uma pessoa trans, apenas por ser trans, não...

A Escolinha Maria Felipa de Educação Infantil, de Salvador (BA), publicou nas suas redes sociais nesta terça-feira (19) uma resposta dada a uma mãe. Buscando uma escola para o filho, mas perguntando, primeiramente, se havia um professor trans na instituição.

Na publicação, em uma conversa por whatsapp, a escola é perguntada sobre a presença de um professor trans na escola. A resposta positiva gera nova indagação: “não que eu concorde, mas você não acha que isso pode ter diminuído o número de matrículas de vocês?”

A escolinha então rebate: “Quem acha que uma pessoa trans, apenas por ser trans, não pode educar seu filho, não merece a nossa escola”.

A invertida gerou grande repercussão nas redes sociais e viralizou, sendo compartilhada por mais de 3 mil pessoas no Facebook em menos de 24 horas.

Na publicação, a Escolinha ressaltou ainda que “nosso interesse é lutar e construir pela via da educação o mundo que acreditamos. Não negociamos nossos sonhos”, declaram.

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Nosso interesse é lutar e construir pela via da educação o mundo que acreditamos. Não negociamos nossos sonhos!

Uma publicação compartilhada por Escolinha Maria Felipa (@escolinhamariafelipa) em

Nossa sucursal em Brasília já está em ação. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Saiba mais.

Fórum em Brasília, apoie a Sucursal

Fórum tem investido cada dia mais em jornalismo. Neste ano inauguramos uma Sucursal em Brasília para cobrir de perto o governo Bolsonaro e o Congresso Nacional. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Clique no link abaixo e faça a sua doação.

Apoie a Fórum