Imprensa livre e independente
09 de maio de 2015, 14h32

“Estamos felizes em aprender com o Brasil sobre combate à fome”, afirma ONU

A presidenta da Fundação das Nações Unidas, Kathy Calvin, destacou ainda a redução da mortalidade materna e a mortalidade infantil, além das melhorias na equidade de gênero no país.

A presidenta da Fundação das Nações Unidas, Kathy Calvin, destacou ainda a redução da mortalidade materna e a mortalidade infantil, além das melhorias na equidade de gênero no país Por Blog do Planalto A presidente da Fundação das Nações Unidas (UN Foundation), Kathy Calvin, destacou na quinta-feira (7) o trabalho que tem sido feito no País no combate à desigualdade social. “Estamos particularmente felizes de ver e aprender sobre o progresso que o Brasil fez em termos de reduzir a fome e a mortalidade materna, a mortalidade infantil, melhorando a cobertura para meninos e meninas. Melhorando a equidade de gênero...

A presidenta da Fundação das Nações Unidas, Kathy Calvin, destacou ainda a redução da mortalidade materna e a mortalidade infantil, além das melhorias na equidade de gênero no país

Por Blog do Planalto

A presidente da Fundação das Nações Unidas (UN Foundation), Kathy Calvin, destacou na quinta-feira (7) o trabalho que tem sido feito no País no combate à desigualdade social. “Estamos particularmente felizes de ver e aprender sobre o progresso que o Brasil fez em termos de reduzir a fome e a mortalidade materna, a mortalidade infantil, melhorando a cobertura para meninos e meninas. Melhorando a equidade de gênero e assegurando que há uma inclusão no trabalho que tem sido feito para os cidadãos brasileiros”.

As afirmações foram feitas após reunião entre os integrantes e a presidenta Dilma Rousseff, no Palácio do Planalto. “A presidenta falou com a gente sobre seu compromisso com a redução da violência contra as mulheres e vários esforços que têm sido feitos, por meio de leis, para garantir que seja um crime praticar violência contra as mulheres”, acrescentou Kathy Calvin.

Veja também:  Citado em conversas do Vaza Jato, Reinaldo Azevedo provoca defensores da Lava Jato

Logo após, ela anunciou que os integrantes da Fundação iriam conhecer as obras da Casa da Mulher Brasileira de Brasília, que tem previsão para entrega ainda neste mês de maio. O projeto das 27 casas – uma em cada estado do País, além do Distrito Federal – é uma iniciativa pioneira do Governo brasileiro que pretende reunir em um mesmo espaço serviços que ofereçam acolhimento às mulheres, como delegacia especializada, apoio psicossocial e promoção de autonomia financeira.

Além disso, a presidente da Fundação das Nações Unidas enfatizou o empenho que a presidenta Dilma tem demonstrado para garantir acesso à educação de qualidade para todas as crianças brasileiras.

Liderança brasileira em energia

Kathy Calvin também destacou o papel que o Brasil ocupa hoje no cenário internacional na difusão de fontes limpas de energia e na promoção do desenvolvimento sustentável.

“Estamos impressionados com o trabalho que já vem sendo feito no País para garantir que você tenha um futuro com energia sustentável. Isso é algo que pode ser compartilhado pelo mundo e o onde Brasil é uma grande liderança”, ressaltou.

Veja também:  O álbum “TerraMar”, de Julinho Bittencourt, por Manoel Herzog

Foto de capa: RafaB/ PR

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum