ASSISTA
12 de Abril de 2017, 12h15

Estudantes de Engenharia da USP fazem vídeo poderoso de ‘Survivor’ para combater preconceito

Na gravação, que já alcançou milhares de visualizações no YouTube, as jovens aparecem apagando palavras e expressões escritas pelo corpo, como “preta”, “mal amada”, “sexo frágil” e “cara de empregada”; assista Por Redação Estudantes dos cursos da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (USP) se uniram em um vídeo da música “Survivor” (Sobrevivente, em […]

Na gravação, que já alcançou milhares de visualizações no YouTube, as jovens aparecem apagando palavras e expressões escritas pelo corpo, como “preta”, “mal amada”, “sexo frágil” e “cara de empregada”; assista

Por Redação

Estudantes dos cursos da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (USP) se uniram em um vídeo da música “Survivor” (Sobrevivente, em português) para chamar a atenção para o preconceito enfrentado pelas mulheres no curso de Engenharia.

Na gravação, que já alcançou milhares de visualizações no YouTube, as jovens aparecem apagando palavras e expressões escritas pelo corpo, como “preta”, “mal amada”, “sexo frágil” e “cara de empregada”. A ideia surgiu como parte de uma tradicional gincana entre centros acadêmicos. O vídeo foi eleito vencedor da competição.

Segundo as idealizadoras, a proposta pretende alertar para o fato de haver um baixo número de mulheres na Poli, que não chega a 30% do total de alunos, e as que ingressam na Escola são alvos de discriminação diariamente.

Lançada em 2001, “Survivor” é uma faixa do terceiro álbum do Destiny’s Child, que era formado por Beyoncé Knowles, Kelly Rowland e Michelle Williams. No Brasil, uma versão gravada pela cantora e atriz Clarice Falcão viralizou na internet em novembro do ano passado.

Assista a seguir.