Imprensa livre e independente
09 de maio de 2019, 22h22

Estudantes vão às ruas em protesto contra ataque às universidades federais

O governo Bolsonaro anunciou que vai promover a redução de 30% no repasse de verbas para universidades e institutos federais

UFMG - Foto: Reprodução
Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, além de Vitória, são apenas algumas das cidades que receberam, nesta quinta-feira (9), protestos de estudantes contra a política de desmonte promovida por Jair Bolsonaro e seu ministro da Educação, Abraham Weintraub. Uma assembleia estudantil marcou a manifestação na maior e mais antiga universidade federal do país, a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). O objetivo foi marcar posição contra os cortes de verbas pelo governo para a Educação. O governo Bolsonaro anunciou que vai promover a redução de 30% no repasse de verbas para universidades e institutos federais. O anúncio causou polêmica,...

Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, além de Vitória, são apenas algumas das cidades que receberam, nesta quinta-feira (9), protestos de estudantes contra a política de desmonte promovida por Jair Bolsonaro e seu ministro da Educação, Abraham Weintraub.

Uma assembleia estudantil marcou a manifestação na maior e mais antiga universidade federal do país, a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). O objetivo foi marcar posição contra os cortes de verbas pelo governo para a Educação.

O governo Bolsonaro anunciou que vai promover a redução de 30% no repasse de verbas para universidades e institutos federais. O anúncio causou polêmica, especialmente quando Weintraub justificou o corte porque há “balbúrdia” em determinadas instituições.

UFPR

Manifestações também marcaram o dia na Universidade Federal do Paraná (UFPR). Nesta quarta (8), já tinha ocorrido um ato chamado por alunos de pedagogia e de turismo, mas estudantes de outros cursos também participaram.

A organização informou que 5 mil pessoas participaram da manifestação. A UFPR divulgou que o bloqueio do governo representa um contingenciamento de R$ 48 milhões no orçamento total da universidade.

Veja também:  Fábrica de munição pede R$ 100 milhões ao BB após decreto das armas de Bolsonaro

UFES

Em Vitória, quem comandou a manifestação foi Fernando Haddad (PT). Ele liderou a caravana Lula Livre e discursou para estudantes da Universidade Federal do Espírito Santo (UFES).

Vejam a manifestação dos estudantes da UFMG:

Fórum em Brasília, apoie a Sucursal

Fórum tem investido cada dia mais em jornalismo. Neste ano inauguramos uma Sucursal em Brasília para cobrir de perto o governo Bolsonaro e o Congresso Nacional. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Clique no link abaixo e faça a sua doação.

Apoie a Fórum