Imprensa livre e independente
28 de agosto de 2017, 12h47

“Eu não tenho medo de vocês”, dispara Tico Santa Cruz, sobre quem invadiu seu perfil no Facebook

Músico afirma que sua página continuará sendo foco de resistência e de luta pela democracia. "Cada vez que fazem isso, mais certeza tenho de que estou do lado certo".

Músico afirma que sua página continuará sendo foco de resistência e de luta pela democracia. “Cada vez que fazem isso, mais certeza tenho de que estou do lado certo”. Da Redação “Podem invadir, roubar, escrotizar o meu perfil, um milhão de vezes. Me ameaçar, podem continuar tentando me calar! Eu não tenho medo de vocês! Não me intimidam!”. Foi dessa forma que o músico Tico Santa Cruz, vocalista da banda Detonautas, reagiu ao fato de ter tido seu perfil no Facebook invadido no domingo (27). Foram feitas inúmeras postagens contrárias ao posicionamento político do cantor, notoriamente de esquerda, algumas com...

Músico afirma que sua página continuará sendo foco de resistência e de luta pela democracia. “Cada vez que fazem isso, mais certeza tenho de que estou do lado certo”.

Da Redação

“Podem invadir, roubar, escrotizar o meu perfil, um milhão de vezes. Me ameaçar, podem continuar tentando me calar! Eu não tenho medo de vocês! Não me intimidam!”. Foi dessa forma que o músico Tico Santa Cruz, vocalista da banda Detonautas, reagiu ao fato de ter tido seu perfil no Facebook invadido no domingo (27). Foram feitas inúmeras postagens contrárias ao posicionamento político do cantor, notoriamente de esquerda, algumas com publicações ofensivas.

“Cidadãos de bem ocuparam minha página para expor suas concepções de mundo e de política, usando seus ídolos e ícones para representar o tipo de ideia que acreditam ser as melhores para o Brasil. Pessoas que defendem um homem que vem cada dia mais mostrando que o ódio, a intolerância, o desrespeito, está sendo semeado. Tudo nessa vida tem ação e reação. Tem consequência!”, prosseguiu Tico.

Veja também:  Ciro Gomes vira réu em ação por chamar Bolsonaro de "moralista de goela"

Ele reafirmou que não se assusta com essas pessoas que roubam o perfil dos outros, o que configura crime. “São os mesmos que pregam que bandido bom é bandido morto! São os que querem intervenção militar. São os que se dizem contra a corrupção. Mas estão por aí, cometendo uma série de ações criminosas. Para mim, Bolsonaro representa exatamente o que foi feito com minha página e hoje (28) com o canal do YouTube da Pablo Vittar. Bolsonaro é ódio, é preconceito, intolerância, anti-democracia, autoritarismo e todo tipo de manifestação que une pessoas que não respeitam o próximo. Bolsonaro será sempre esse viés, por onde essas pessoas que antes se escondiam, porque tinham vergonha de expor em público suas mazelas espirituais, suas convicções racistas, machistas, homofóbicas entre outras aberrações. Encontraram nesse homem, a chance de colocar toda esta escuridão pra fora!”.

E completou em sua página no Facebook. “Vou fazer um churrasco, um churrasco sim, com a indenização que vou receber do Nando Moura! Outro personagem patético desse mar de ódio que assola o país! E minha página continuará sendo foco de resistência e de luta pela democracia! Cada vez que fazem isso, mais certeza tenho de que estou do lado certo! Seguirei minha luta e minha história! Vocês crescerão um dia e verão o papel ridículo que se prestaram a fazer! Seguimos!”.

Veja também:  Atos pelo país provocam tsunami da Educação contra governo Bolsonaro; saiba onde ocorrem os protestos

Foto: Lula Marques/Agência PT/Fotos Públicas

 

Fórum em Brasília, apoie a Sucursal

Fórum tem investido cada dia mais em jornalismo. Neste ano inauguramos uma Sucursal em Brasília para cobrir de perto o governo Bolsonaro e o Congresso Nacional. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Clique no link abaixo e faça a sua doação.

Apoie a Fórum