13 de novembro de 2018, 09h41

Ex-prefeito de cidade da Paraíba é morto pelo pai após ser confundido com assaltante

Alyson foi até a casa do pai e tentou arrombar a porta, depois de ser chamado por vizinhos porque uma fumaça estava saindo da casa dele e ninguém conseguia acordá-lo

Foto: Reprodução/TV Cabo Branco

O ex-prefeito da cidade de Baraúna, no Curimataú da Paraíba, Alyson Azevedo, de 37 anos, foi morto pelo próprio pai após ser confundido com um assaltante na noite desta segunda-feira (12).

De acordo com a Polícia Civil, Alyson foi até a casa do pai e tentou arrombar a porta, depois de ser chamado por vizinhos porque uma fumaça estava saindo da casa dele e ninguém conseguia acordá-lo.

O pai, Adilson Azevedo, que também foi prefeito da cidade, atirou de dentro da casa contra o filho achando que se tratava de um assalto. Alyson Azevedo foi baleado no peito, chegou a ser levado para o Hospital de Picuí, mas não resistiu e morreu.

A fumaça que saía da casa e chamou a atenção dos vizinhos era de uma panela que estava no fogão. O pai, Adilson Azevedo, vai prestar depoimento à polícia nesta terça-feira (13) sobre o caso.

Alyson Azevedo foi eleito prefeito da cidade de Baraúna em 2008, pelo MDB, enquanto seu pai, Adilson Azevedo, foi o candidato eleito das Eleições 2000, pelo mesmo partido, na época ainda PMDB.

Com informações do G1

Fórum precisa ter um jornalista em Brasília em 2019. Será que você não pode nos ajudar nisso? Clique aqui e saiba mais