04 de março de 2018, 18h05

Exército distribui gibis contra “perigo vermelho” no Rio de Janeiro

Quadrinhos mostram um menino branco que pede ajuda ao Exército para prender monstros vermelhos e salvar a vizinhança

O exército fez uma operação na última sexta-feira (2) para distribuir panfletos e gibis no Rio de Janeiro. Os panfletos trazem a mensagem “não basta ser maravilhosa, tem que ser segura”, com uma foto da cidade e pede para que crimes e atividades suspeitas sejam denunciados. Já os quadrinhos são a revista Recrutinha, produzida pelo exército desde 2008.

A edição distribuída recebeu críticas nas redes sociais por mostrar um menino branco que pede ajuda ao Exército para prender monstros vermelhos e salvar a vizinhança. A edição distribuída foi lançada em 2013. Veja aqui.

“Exército a mando do governo entregando revistinhas na intervenção no Rio de Janeiro, intitulado ‘Recrutinha’, com dois soldados protegendo uma criança ‘branca’ de um monstro ‘vermelho’. Quem é que está doutrinando mesmo?! Impressionante! Perderam o bom senso”, disse a senadora e presidente do PT, Gleisi Hoffmann.

Para Igor Fuser, professor de Relações Internacionais da Universidade Federal do ABC, “é inacreditável!” “Estamos diante de um monstro, uma aberração, algo que se eu fosse definir com as palavras que realmente merecem ser usadas, correria alto risco de ser processado, neste ambiente fascistoide e repressivo que está tomando conta do país.”