Imprensa livre e independente
15 de maio de 2018, 10h24

Fernando Pimentel regulariza assentamento urbano com mais de 18 mil pessoas

Além da regularização, têm início também as obras de eletrificação do bairro e ações voltadas para eficiência energética

O governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel (PT-MG), regulariza, nesta terça-feira (15), o assentamento urbano Comunidade do Glória, em Uberlândia, ocupado, no ano de 2012, por famílias organizadas pelo Movimento Sem Teto do Brasil (MSTB). Além da regularização, a área foi urbanizada, recebendo equipamentos públicos e iluminação. A Comunidade do Glória conta com mais de 18 mil pessoas (cerca de 2.350 famílias), vivendo inicialmente em área ocupada da Universidade Federal de Uberlândia. O assentamento foi organizado em ruas e quadras, ganhou comércio e um ordenamento próprio pelas famílias ocupantes. Em março de 2017, a Universidade Federal de Uberlândia aprovou a...

O governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel (PT-MG), regulariza, nesta terça-feira (15), o assentamento urbano Comunidade do Glória, em Uberlândia, ocupado, no ano de 2012, por famílias organizadas pelo Movimento Sem Teto do Brasil (MSTB). Além da regularização, a área foi urbanizada, recebendo equipamentos públicos e iluminação.

A Comunidade do Glória conta com mais de 18 mil pessoas (cerca de 2.350 famílias), vivendo inicialmente em área ocupada da Universidade Federal de Uberlândia. O assentamento foi organizado em ruas e quadras, ganhou comércio e um ordenamento próprio pelas famílias ocupantes.

Em março de 2017, a Universidade Federal de Uberlândia aprovou a doação da área e, a partir de agosto de 2017, o Governo de Minas, através da Cohab, assumiu o processo de regularização do assentamento.

A Comunidade do Glória, que passa a se chamar oficialmente Bairro Elisson Prieto, conta com 63 hectares (cerca de 88 campos de futebol tamanho oficial).

No iluminação e ações de eficiência energética

Dentro do processo de regularização, tem início também nesta terça-feira, as obras de eletrificação do bairro. Segundo o gerente de Relacionamento com Agentes Públicos e Movimentos Sociais da Cemig, Agnaldo Morais Ataíde, “as ligações de energia elétrica no bairro eram feitas de forma irregular, o que poderia causar acidentes graves com a população. Além disso, o serviço vai ganhar mais qualidade em função da rede padronizada que será instalada pela Cemig no local”, destaca.

Veja também:  Risco iminente de rompimento de barragem faz moradores passarem por simulado em BH

Além das instalações elétricas na Comunidade do Glória, a Cemig realizará também ações voltadas para eficiência energética, fazendo a substituição de 10% de geladeiras em pior estado, troca de lâmpadas atuais por LED e chuveiros elétricos por eletrônicos para as famílias com mais de cinco moradores. A comunidade contará também com palestras educativas e orientação sobre o uso eficiente e seguro da energia elétrica. Ainda, serão cadastradas na tarifa social de energia elétrica as famílias em condições de receber esse benefício.

 

Fórum em Brasília, apoie a Sucursal

Fórum tem investido cada dia mais em jornalismo. Neste ano inauguramos uma Sucursal em Brasília para cobrir de perto o governo Bolsonaro e o Congresso Nacional. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Clique no link abaixo e faça a sua doação.

Apoie a Fórum