Imprensa livre e independente
23 de junho de 2017, 16h26

FHC diz que Doria mexe bem no celular, mas que não viu mudanças em São Paulo

Em palestra, o ex-presidente, além de defender que Temer convoque antecipadamente as eleições diretas, ironizou seu correligionário e prefeito da capital paulista: “Ele mudou alguma coisa? Eu ainda não vi. Mas mexer no celular ele sabe” Por Redação  O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) ironizou, na manhã desta sexta-feira (23), seu correligionário e prefeito da capital paulista, João Doria (PSDB), ao dizer que não viu mudanças em São Paulo mas que “mexer no celular” é algo que o ex-apresentador de TV sabe fazer muito bem, fazendo referência às constantes inserções nas redes sociais feitas pelo prefeito tucano. “Isto aqui [celular]...

Em palestra, o ex-presidente, além de defender que Temer convoque antecipadamente as eleições diretas, ironizou seu correligionário e prefeito da capital paulista: “Ele mudou alguma coisa? Eu ainda não vi. Mas mexer no celular ele sabe”

Por Redação 

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) ironizou, na manhã desta sexta-feira (23), seu correligionário e prefeito da capital paulista, João Doria (PSDB), ao dizer que não viu mudanças em São Paulo mas que “mexer no celular” é algo que o ex-apresentador de TV sabe fazer muito bem, fazendo referência às constantes inserções nas redes sociais feitas pelo prefeito tucano.

“Isto aqui [celular] está no meu bolso, não na minha alma. O mundo hoje tem isso aqui na alma. O prefeito de São Paulo está fazendo algum sucesso porque ele manipula isso aqui o dia inteiro. Ele mudou alguma coisa? Eu ainda não vi. Mas [mexer] aqui ele sabe”, afirmou.

A fala se deu em uma palestra a empresários do setor médico em um hotel da zona sul de São Paulo. No mesmo evento, FHC disse que o Brasil precisa de um político de centro, progressista, “mais Macron” – em referência ao presidente francês – e defendeu que Michel Temer antecipe a convocação de eleições diretas para presidente.

Veja também:  Engenheiro que estava na Casa Civil, Alexandre Lopes assume o Inep após exoneração de delegado

 

 

 

Fórum em Brasília, apoie a Sucursal

Fórum tem investido cada dia mais em jornalismo. Neste ano inauguramos uma Sucursal em Brasília para cobrir de perto o governo Bolsonaro e o Congresso Nacional. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Clique no link abaixo e faça a sua doação.

Apoie a Fórum