ASSISTA
03 de setembro de 2015, 11h52

Filho de Hélio Bicudo critica o pai por pedido de impeachment

Depois que outros dois filhos se manifestaram contra a posição do jurista, que é um dos fundadores do PT, José Eduardo Bicudo resolveu expor seu posicionamento via Facebook: " É triste ver uma pessoa que possuía um patrimônio político e uma história de vida digna juntar-se à direita mais sórdida do nosso país para fazer um papel no mínimo ridículo".

Depois que outros dois filhos se manifestaram contra a posição do jurista, que é um dos fundadores do PT, José Eduardo Bicudo resolveu expor seu posicionamento via Facebook: “ É triste ver uma pessoa que possuía um patrimônio político e uma história de vida digna juntar-se à direita mais sórdida do nosso país para fazer um papel no mínimo ridículo

Por Redação

Via Facebook, José Eduardo Bicudo, filho do jurista Hélio Bicudo, fez uma dura crítica ao pedido de impeachment da presidenta Dilma Rousseff protocolado pelo seu pai – que é um dos fundadores do PT – na última terça-feira (1). Comentando em um post da página Diário do Centro do Mundo (DCM) na noite desta quarta-feira (2), o biólogo lamentou o posicionamento do pai, classificou a atitude como um “papel no mínimo ridículo” e ainda analisou que o alvo principal do ataque não é nem Dilma, mas Lula, com quem teria uma “briga pessoal” há uma década.

“Sou um dos filhos de Hélio Bicudo e como meus irmãos, que já se manifestaram em público, também me manifesto contra o pedido de impeachment feito pelo meu pai. É triste ver uma pessoa que possuía um patrimônio político e uma história de vida digna juntar-se à direita mais sórdida do nosso país para fazer um papel no mínimo ridículo, extemporâneo e se expondo de uma maneira pueril. Infelizmente, a sua luta contra o esquadrão da morte acaba ficando menor, neste momento pelo qual passa o Brasil, diante da insensatez que é o seu pedido de impeachment. Nas entrelinhas do texto do pedido é possível verificar que o pedido de impeachment de Dilma é uma cortina de fumaça e o objetivo principal do pedido é atingir Lula, de um lado se juntando à campanha da mídia conservadora contra a candidatura de Lula para presidente em 2018 e de outro lado revelando mais uma vez a sua desesperada “briga” pessoal com Lula, a qual vem se arrastando por mais de uma década”, escreveu.

Na própria terça-feira, outros filhos de Bicudo já haviam tecido críticas ao pai pelo pedido. A consultora em planejamento urbano Maria do Carmo Bicudo Barbosa afirmou que ele “cometeu um equívoco” e que, neste momento, o Brasil precisa de “união” para enfrentar os problemas, e não pedir o impeachment da presidenta, salientando que acredita na honestidade de Dilma e que “em governos anteriores as apurações [de operações como a Lava-Jato] não ocorreriam da mesma forma”.

Já o filho mais velho, José Bicudo, disse que não há motivos suficientes para pedir impeachment e afirmou que o ato de seu pai “assusta” por sua trajetória e que o pedido “só acirra os ânimos, em vez de apaziguá-los”.

bicudo