07 de dezembro de 2018, 13h32

Filhos de Bolsonaro homenagearam PM citado pelo Coaf na Alerj e na Câmara

Flávio e Carlos Bolsonaro homenagearam o PM citado pelo Coaf por movimentações financeiras atípicas de R$ 1,2 milhão

Foto: Montagem

O policial militar Fabrício José Carlos de Queiroz foi homenageado pelos irmãos Flávio (PSL-RJ) e Carlos Bolsonaro (PSC-RJ), filhos do presidente eleito, Jair Bolsonaro, na Alerj (Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro) e na Câmara dos Vereadores, respectivamente.

Queiroz é ex-assessor do gabinete de Flávio Bolsonaro e foi citado em relatório do Coaf (Conselho de Controle de Atividades Financeiras) por movimentações financeiras atípicas de R$ 1,2 milhão em suas contas bancárias num período de doze meses.

Fórum precisa ter um jornalista em Brasília em 2019. Será que você pode nos ajudar nisso? Clique aqui e saiba mais

O documento foi anexado às investigações da Operação Furna da Onça, que levou à prisão de dez deputados estaduais, suspeitos de receber mesada para apoiar o ex-governador do Rio Sérgio Cabral.

Em outubro de 2003, quando deputado estadual pelo PP, Flávio apresentou na Assembleia moção de louvor e congratulações a Queiroz.

“Com vários anos de atividade este policial militar desenvolve sua função com dedicação, brilhantismo e galhardia. Presta serviços à Sociedade desempenhando com absoluta presteza e excepcional comportamento nas suas atividades”, dizia a homenagem.

Três anos depois, a Câmara dos Vereadores aprovou requerimento de Carlos Bolsonaro para conferir a Queiroz a Medalha de Mérito Pedro Ernesto, principal homenagem prestada pelo estado do Rio.

Com informações da Folha

Agora que você chegou ao final desse texto e viu a importância da Fórum, que tal apoiar a criação da sucursal de Brasília? Clique aqui e saiba mais