Imprensa livre e independente
07 de setembro de 2018, 08h53

Flávio Bolsonaro aposta que com o atentado o pai vence no 1º turno

O outro filho disse que "foi por um milagre que ele tá vivo. Se ele demorasse mais cinco minutos para chegar no hospital, ele teria morrido"

Foto: Reprodução
Flávio Bolsonaro, filho do presidenciável Jair Bolsonaro (PSL), deputado estadual e candidato do PSL a senador pelo Rio, disse, na madrugada desta sexta-feira (7), que o ataque a faca sofrido pelo pai vai eleger o capitão reformado no primeiro turno. A declaração foi dada ao deixar o hospital Santa Casa de Misericórdia de Juiz de Fora (MG) sob aplausos de apoiadores. “Ele está mais forte do que nunca, consciente, conversando, bem-humorado. Um recado para esses bandidos que tentaram arruinar a vida de um cara que é um pai de família, que é esperança para todos os brasileiros. Vocês acabaram de eleger...

Flávio Bolsonaro, filho do presidenciável Jair Bolsonaro (PSL), deputado estadual e candidato do PSL a senador pelo Rio, disse, na madrugada desta sexta-feira (7), que o ataque a faca sofrido pelo pai vai eleger o capitão reformado no primeiro turno. A declaração foi dada ao deixar o hospital Santa Casa de Misericórdia de Juiz de Fora (MG) sob aplausos de apoiadores.

“Ele está mais forte do que nunca, consciente, conversando, bem-humorado. Um recado para esses bandidos que tentaram arruinar a vida de um cara que é um pai de família, que é esperança para todos os brasileiros. Vocês acabaram de eleger o presidente, vai ser no primeiro turno”, disse.

Já o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSC-SP), também filho de Bolsonaro, disse que a faca “entrou 12 centímetros dentro dele”. “Foi por um milagre que ele tá vivo. Se ele demorasse mais cinco minutos para chegar no hospital, ele teria morrido”, disse Eduardo, que acrescentou que a primeira equipe de atendimento foi responsável por salvá-lo.

Veja também:  O que significa o STF criminalizar a homofobia

O filho afirmou que o pai está consciente, se recuperando da cirurgia e falando. “A gente tem evitado chegar perto para não cansá-lo”.

Com informações do Valor

Fórum em Brasília, apoie a Sucursal

Fórum tem investido cada dia mais em jornalismo. Neste ano inauguramos uma Sucursal em Brasília para cobrir de perto o governo Bolsonaro e o Congresso Nacional. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Clique no link abaixo e faça a sua doação.

Apoie a Fórum