Imprensa livre e independente
10 de janeiro de 2019, 17h09

Flávio Bolsonaro não aparece no MP-RJ para depor no caso Queiroz

O filho do presidente usou as redes sociais para justificar a ausência no depoimento, dizendo que “não é investigado” e “não teve acesso aos autos”

Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), como era previsto, não compareceu o Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ), nesta quinta-feira (10), para depor sobre o caso que envolve seu ex-assessor Fabrício Queiroz e movimentações financeiras suspeitas, segundo relatório do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf). As informações são de Carlos Brito, no G1. Em sua página no Facebook, Flávio disse que foi notificado apenas na segunda-feira (7) e que tem todo o interesse em esclarecer o caso, apesar de não ser investigado. Por ter foro privilegiado, ele pode escolher data, horário e local. Fórum terá um jornalista...

Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil

Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), como era previsto, não compareceu o Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ), nesta quinta-feira (10), para depor sobre o caso que envolve seu ex-assessor Fabrício Queiroz e movimentações financeiras suspeitas, segundo relatório do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf). As informações são de Carlos Brito, no G1.

Em sua página no Facebook, Flávio disse que foi notificado apenas na segunda-feira (7) e que tem todo o interesse em esclarecer o caso, apesar de não ser investigado. Por ter foro privilegiado, ele pode escolher data, horário e local.

Fórum terá um jornalista em Brasília em 2019. Será que você pode nos ajudar nisso? Clique aqui e saiba mais

“Como não sou investigado, ainda não tive acesso aos autos, já que fui notificado do convite do MP/RJ apenas no dia 7/Jan, às 12:19. No intuito de melhor ajudar a esclarecer os fatos, pedi agora uma cópia do mesmo para que eu tome ciência de seu inteiro teor. Ato contínuo, comprometo-me a agendar dia e horário para apresentar os esclarecimentos, devidamente fundamentados, ao MP/RJ para que não restem dúvidas sobre minha conduta. Reafirmo que não posso ser responsabilizado por atos de terceiros, como parte da grande mídia tenta, a todo custo, induzir a opinião pública”, diz a mensagem.

Veja também:  A aliados, Bolsonaro diz que Flávio é inocente e que não vão achar elo do filho com a milícia


Solicitação

Em nota, o Ministério Público divulgou que Flávio solicitou, nesta quinta, uma cópia integral da investigação. De acordo com o órgão, o pedido foi feito em resposta ao ofício encaminhado em 21 de dezembro à presidência da Alerj pelo procurador-geral de Justiça.

Agora que você chegou ao final deste texto e viu a importância da Fórum, que tal apoiar a criação da sucursal de Brasília? Clique aqui e saiba mais

Fórum em Brasília, apoie a Sucursal

Fórum tem investido cada dia mais em jornalismo. Neste ano inauguramos uma Sucursal em Brasília para cobrir de perto o governo Bolsonaro e o Congresso Nacional. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Clique no link abaixo e faça a sua doação.

Apoie a Fórum