Imprensa livre e independente
04 de junho de 2019, 14h51

Flip confirma torneio internacional de slam na programação oficial

“Ter um slam durante a Flip, em uma festa literária, é mostrar que literário não é somente o que está escrito”, continua Estrela D’Alva, que assina a seleção dos nomes

Foto: Facebook
Está confirmado para a próxima edição da Festa Literária Internacional de Paraty (Flip), um minitorneio de slam, com seis poetas internacionais, que faz parte da programação oficial do evento. Competições de slam têm virado febre e reunido plateias lotadas Brasil afora. Segundo as contas da curadora do evento, Roberta Estrela D’Alva, são mais de 150 grupos, em 20 estados, todos com autores que declamam em voz alta seus textos em apresentações que recebem notas a partir não apenas da poesia declamada, mas também de sua performance no palco. “Ter um slam durante a Flip, em uma festa literária, é mostrar que literário...

Está confirmado para a próxima edição da Festa Literária Internacional de Paraty (Flip), um minitorneio de slam, com seis poetas internacionais, que faz parte da programação oficial do evento.

Competições de slam têm virado febre e reunido plateias lotadas Brasil afora. Segundo as contas da curadora do evento, Roberta Estrela D’Alva, são mais de 150 grupos, em 20 estados, todos com autores que declamam em voz alta seus textos em apresentações que recebem notas a partir não apenas da poesia declamada, mas também de sua performance no palco.

“Ter um slam durante a Flip, em uma festa literária, é mostrar que literário não é somente o que está escrito”, continua Estrela D’Alva, que assina a seleção dos nomes.

A apresentação em Paraty, no litoral fluminense, está marcada para 12 de julho, no Auditório da Praça. Serão três autores de língua portuguesa e três que falam outros idiomas. Pieta Poeta, vencedora do Slam BR no ano passado e representante brasileira na Copa do Mundo da modalidade, que neste ano ocorreu na França, estará acompanhada do escritor e rapper Edyoung Lennon (Cabo Verde) e da portuguesa Raquel Lima.

Veja também:  Acuado no Brasil, Moro viaja aos Estados Unidos e tem reunião marcada no FBI

Os representantes de língua inglesa são a americana Porsha Olayiwola e a britânica Joelle Taylor. Quem defenderá o idioma de Cervantes é o espanhol Salva Soler. “São quatro negros, temos gente gorda, magra, não binária, de diferentes continentes. Toda a diversidade está representada”, conta Estrela D’Alva.

A Flip ocorre entre 10 e 14 de julho e tem Euclides da Cunha como autor homenageado desta edição. Os ingressos da programação começaram a ser vendidos nesta segunda (3) pelo site flip.byinti.com.

Com informações da Folha

 

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum