Imprensa livre e independente
07 de janeiro de 2018, 15h36

Fotógrafo encontra menino da foto do réveillon na Praia de Copacabana

"O conheci cinco dias depois da nossa vida ter mudado", disse Lucas Landau

“O conheci cinco dias depois da nossa vida ter mudado”, disse  Lucas Landau Da Redação O fotógrafo Lucas Landau publicou um depoimento em seu perfil no Facebook onde conta que conheceu o menino da foto que viralizou neste início de 2018. O clique foi tirado na Praia de Copacabana, onde Lucas cobria a virada com seu tradicional show de fogos e provocou muita repercussão. Ajude a Fórum a fazer a cobertura do julgamento do Lula. Clique aqui e saiba mais. “O conheci cinco dias depois da nossa vida ter mudado. Conheci também sua mãe. Foi um encontro emocionante em que...

“O conheci cinco dias depois da nossa vida ter mudado”, disse  Lucas Landau

Da Redação

O fotógrafo Lucas Landau publicou um depoimento em seu perfil no Facebook onde conta que conheceu o menino da foto que viralizou neste início de 2018. O clique foi tirado na Praia de Copacabana, onde Lucas cobria a virada com seu tradicional show de fogos e provocou muita repercussão.

Ajude a Fórum a fazer a cobertura do julgamento do Lula. Clique aqui e saiba mais.

“O conheci cinco dias depois da nossa vida ter mudado. Conheci também sua mãe. Foi um encontro emocionante em que pudemos criar nossos vínculos, finalmente. Escolhemos manter esse momento privado, assim como a nossa relação. Pedimos que as pessoas e a imprensa compreendam e nos respeitem”, escreveu.

Naquele dia, ele lembra que não foi possível criar um vínculo com a criança. “Encerrado o show pirotécnico, eu deveria voltar para casa o mais depressa possível para transmitir o material para a agência, afinal, eu tinha uma encomenda fotográfica para entregar naquela noite”, lembra. “Fui contratado, e pago, obviamente, para documentar os fogos da festa de réveillon em Copacabana. Nos 17 minutos que tive para compor essa história, aconteceu de encontrar uma criança deslumbrada, assistindo ao espetáculo. A pureza dos seus gestos e o encantamento no seu olhar me tocaram.”

Lucas conta ainda que foi uma grande surpresa a repercussão que a imagem teve. Somente em seu perfil, foram mais de 30 mil reações até a publicação desta matéria. “A foto de uma criança vidrada nos fogos foi compartilhada, a partir das minhas redes sociais, na tarde do primeiro dia de 2018, em uma velocidade assustadora. Fico contente de ver a fotografia cumprindo seu papel enquanto arte: levantando discussões, ensinando, questionando, gerando debates que nos fazem evoluir como sociedade.”

Veja também:  Campanha de financiamento do Festival Lula Livre já está no ar

Fórum em Brasília, apoie a Sucursal

Fórum tem investido cada dia mais em jornalismo. Neste ano inauguramos uma Sucursal em Brasília para cobrir de perto o governo Bolsonaro e o Congresso Nacional. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Clique no link abaixo e faça a sua doação.

Apoie a Fórum