COMPRE JÁ
08 de Fevereiro de 2017, 11h29

Funcionários que trabalharam na campanha de João leite em BH levaram calote do PSDB

Cerca de 50 funcionários da área de audiovisual que trabalharam na campanha de João Leite (PSDB) levaram calote. Leite foi o candidato tucano à prefeitura de Belo Horizonte, apoiado pelo senador Aécio Neves.

Cerca de 50 funcionários da área de audiovisual que trabalharam na campanha de João Leite (PSDB) levaram calote. Leite foi o candidato tucano à prefeitura de Belo Horizonte, apoiado pelo senador Aécio Neves.

Da Redação com Informações da Coluna de Mônica Bérgamo

De acordo com informações da coluna de Mônica Bérgamo, cerca de 50 funcionários da área de audiovisual que trabalharam na campanha de João Leite (PSDB) levaram calote. Leite foi o candidato tucano à prefeitura de Belo Horizonte, apoiado pelo senador Aécio Neves.

Diretores, produtores, assistentes e técnicos deveriam ter recebido em novembro de 2016 pelo trabalho no segundo turno.

A dívida do candidato com a maioria dos prestadores de serviço acabou sendo assumida pelo PSDB de BH, que prometeu o pagamento em parcelas, começando em janeiro, mas os profissionais relatam que nada caiu em suas contas.

O diretório municipal do partido diz que “os valores devidos estão sendo paulatinamente pagos”.

Foto: Alexandre Mota/ NITRO