Blogs

14 de julho de 2018, 15h26

Galvão deixa o posto de estrela da Globo na Copa do Qatar. Para o seu lugar deve ir Gustavo Villani

Ao que tudo indica, não foi apenas a seleção brasileira quem perdeu na Copa da Rússia

Ao que tudo indica, não foi apenas a seleção brasileira quem perdeu na Copa da Rússia. O quase eterno apresentador Galvão Bueno parece estar com os dias contados como a grande estrela da emissora em eventos esportivos, sobretudo a Copa do Qatar, em 2022.

Para o seu lugar, ainda que com um status diferente, o indicado é Gustavo Villani, profissional trazido da Fox Sports, que vem trabalhando para o circuito SporTV-Globo. Nesta Copa, ele narrou os jogos da seleção exibidos pela Globo em salas de cinema.

De acordo com matéria da Folha desta sexta-feira (13), Villani, 37, é no momento o nome mais cotado para substituir Galvão, até como necessidade de rejuvenescer a cara do esporte na Globo.

Cléber Machado, 56, e Luís Roberto, 57, também são nomes fortes, mas não para a vaga de Galvão.

Procurado pela Folha após a derrota do Brasil na Rússia, Galvão escreveu: “Se você me perguntar se eu estarei na Copa do Qatar, repito o que dizia o Chacrinha: ‘Quero morrer no palco, quero morrer trabalhando’. Não penso em parar. Espero estar bem, com saúde, para estar na Copa do Qatar. Fazendo o quê? Ainda não sei dizer”.