Garotos da Tailândia saem vivos de resgate que sensibilizou o mundo | Revista Fórum
10 de julho de 2018, 10h55

Garotos da Tailândia saem vivos de resgate que sensibilizou o mundo

Os 12 garotos fazem parte do time de futebol Javali Selvagem e todos saíram vivos junto com o técnico num resgate que mobilizou as atenções do mundo

(Captura de Tela Reprodução CNN International/ https://edition.cnn.com/asia/live-news/thai-cave-rescue-live-intl/index.html )

O primeiro-ministro da Tailândia, Prayut Chan-o-chau, informou há pouco para a imprensa do mundo que acompanhou os trabalhos de resgate dos 12 garotos e do técnico do time Javali Selvagem que o último menino que ainda estava na caverna acaba de sair com vida de lá.

A história deste resgate mobilizou uma cobertura internacional das mais amplas e disputou o noticiário tanto dos veículos digitais como analógicos com a Copa do Mundo. Em muitos momentos, as redes comentavam mais o caso da caverna tailandesa do que as partidas do segundo maior evento esportivo do planeta.

Histórico do caso

Após uma forte tempestade, doze garotos, entre 11 e 16 anos, que jogam no time de futebol Javali Selvagem ficaram presos na caverna de Tham Luang junto com seu treinador, de 25 anos. Isso aconteceu no dia 23 de junho. Apenas no dia 2 de julho, nove dias depois do desaparecimento é que foram localizados por mergulhadores britânicos.
Ao todo, noventa mergulhadores foram mobilizados para realizar o resgate, quarenta deles tailandeses e outros cinquenta de países como Austrália, Reino Unido e China. Além deles, 36 militares americanos do Comando do Pacífico também foram acionados.