16 de julho de 2018, 17h04

Gleisi acusa ‘Estadão’ de fake news com relação à candidatura de Marinho em SP

Jornal informou que o PT ofereceu a Marcio França a retirada da candidatura de Luiz Marinho ao governo do estado de São Paulo em troca de apoio a Lula na corrida presidencial. Informação, de acordo com Gleisi, é mentirosa

Foto: Reprodução/Facebook Luiz Marinho
A presidenta do PT, senadora Gleisi Hoffmann, acusou o jornal Estadão de fake news com relação à candidatura do ex-prefeito de São Bernardo do Campo, Luiz Marinho (PT), ao governo do estado e São Paulo. O jornal informou, através da coluna de Andreza Matals, na última quinta-feira (12), que o PT teria oferecido ao governador de São Paulo, Márcio França (PSB), a retirada da candidatura de Marinho em troca do apoio de França à candidatura de Lula ao Planalto. De acordo com a senadora, a notícia é mentirosa. “Nem o PT ofereceu apoio, nem Márcio França nos pediu para apoiá-lo....

A presidenta do PT, senadora Gleisi Hoffmann, acusou o jornal Estadão de fake news com relação à candidatura do ex-prefeito de São Bernardo do Campo, Luiz Marinho (PT), ao governo do estado e São Paulo.

O jornal informou, através da coluna de Andreza Matals, na última quinta-feira (12), que o PT teria oferecido ao governador de São Paulo, Márcio França (PSB), a retirada da candidatura de Marinho em troca do apoio de França à candidatura de Lula ao Planalto. De acordo com a senadora, a notícia é mentirosa.

“Nem o PT ofereceu apoio, nem Márcio França nos pediu para apoiá-lo. Em São Paulo nosso candidato é Marinho. Temos conversações com a direção nacional do PSB para apoio à candidatura Lula. Mais uma vez o Jornal Estado de São Paulo adere à fake news”, tuitou Gleisi.

França era vice de Geraldo Alckmin (PSDB) e assumiu o Palácio dos Bandeirantes após o tucano deixar o posto para se tornar pré-candidato à presidência.