Imprensa livre e independente
19 de junho de 2018, 14h24

Globo é condenada a pagar R$ 1,65 milhão por perder gato-do-mato durante gravação

O valor pago pela emissora será revertido ao Fundo Estadual de Interesses Difusos e será empregado em projetos ambientais

Dezoito anos depois, O Superior Tribunal de Justiça condenou a Globo em última instância a pagar uma multa de R$ 1, 65 milhão por perder um animal em extinção em uma gravação da série A Muralha, em 2000. Dois gatos-do-mato haviam sido emprestados pela ONG Mata Ciliar para as gravações e apenas um foi devolvido. A emissora alegou que fez buscas para encontrar o animal perdido, mas não conseguiu achá-lo. O Ministério Público entrou com uma ação contra a emissora que recorreu em duas instâncias, no Tribunal de Justiça de São Paulo e no STJ. Nos recursos para evitar o...

Dezoito anos depois, O Superior Tribunal de Justiça condenou a Globo em última instância a pagar uma multa de R$ 1, 65 milhão por perder um animal em extinção em uma gravação da série A Muralha, em 2000. Dois gatos-do-mato haviam sido emprestados pela ONG Mata Ciliar para as gravações e apenas um foi devolvido. A emissora alegou que fez buscas para encontrar o animal perdido, mas não conseguiu achá-lo.

O Ministério Público entrou com uma ação contra a emissora que recorreu em duas instâncias, no Tribunal de Justiça de São Paulo e no STJ. Nos recursos para evitar o pagamento da multa, a Globo afirmou que o animal voltou para o habitat natural, a Mata Atlântica. O MP rebateu a alegação da Globo ao informar que o animal foi criado em cativeiro e sua reintegração ao meio ambiente deveria ocorrer de maneira gradual. De outra forma, o bicho acabaria morrendo de fome.

O valor pago pela emissora será revertido ao Fundo Estadual de Interesses Difusos e será empregado em projetos ambientais.

Veja também:  Rachel Sheherazade diz que foi enganada por Moro e Dallagnol: "Havia sim um projeto de poder político"; veja vídeo

A Globo informou que não comenta ações judicia

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum