Seja Sócio Fórum
22 de março de 2019, 22h37

Governo Bolsonaro em crise e Mourão vai à Fiesp se reunir com 500 empresários

O encontro, previsto para a próxima terça-feira (26), deve reunir lideranças empresariais, representantes de associações, além de sindicatos patronais

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
O governo Bolsonaro, desde que assumiu em janeiro, vive uma crise atrás da outra. Em praticamente todos os setores. Inclusive com trocas de farpas e brigas declaradas nas redes sociais entre seus integrantes e aliados. Aparentemente alheio a tudo isso, o vice-presidente da República, general Hamilton Mourão, participará da reunião quinzenal de diretoria da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), em São Paulo. O encontro, previsto para a próxima terça-feira (26), deve reunir cerca de 500 pessoas, entre lideranças empresariais, representantes de associações, além de sindicatos patronais. Depois da reunião, Paulo Skaf, presidente da Fiesp, vai oferecer...

O governo Bolsonaro, desde que assumiu em janeiro, vive uma crise atrás da outra. Em praticamente todos os setores. Inclusive com trocas de farpas e brigas declaradas nas redes sociais entre seus integrantes e aliados.

Aparentemente alheio a tudo isso, o vice-presidente da República, general Hamilton Mourão, participará da reunião quinzenal de diretoria da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), em São Paulo.

O encontro, previsto para a próxima terça-feira (26), deve reunir cerca de 500 pessoas, entre lideranças empresariais, representantes de associações, além de sindicatos patronais.

Depois da reunião, Paulo Skaf, presidente da Fiesp, vai oferecer um jantar com a participação de alguns dos mais ricos empresários do Brasil.

Com informações do Jota

Nossa sucursal em Brasília já está em ação. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Saiba mais.

Fórum em Brasília, apoie a Sucursal

Fórum tem investido cada dia mais em jornalismo. Neste ano inauguramos uma Sucursal em Brasília para cobrir de perto o governo Bolsonaro e o Congresso Nacional. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Clique no link abaixo e faça a sua doação.

Apoie a Fórum