Imprensa livre e independente
19 de abril de 2019, 17h50

Governo Bolsonaro estaria preparando privatização dos Correios

"Tem empresas que vão ser privatizadas que vocês nem suspeitam ainda", disse Paulo Guedes

Reprodução
Em meio ao desmonte de empresas públicas que está sendo promovido por Jair Bolsonaro, surgiu nesta quinta-feira (18) uma especulação de que o governo estaria planejando privatizar os Correios. A revelação teria sido feita por assessores da presidência a jornalistas da GloboNews e da Agência Reuters. Na quarta-feira (17), o ministro da Economia, Paulo Guedes, já deu uma primeira sinalização ao afirmar que “tem empresas que vão ser privatizadas que vocês nem suspeitam ainda”. Para a equipe econômica, a empresa ganhará mais liberdade para se modernizar e responder às mudanças no mercado promovidas pelo comércio eletrônico sem a União como controladora....

Em meio ao desmonte de empresas públicas que está sendo promovido por Jair Bolsonaro, surgiu nesta quinta-feira (18) uma especulação de que o governo estaria planejando privatizar os Correios. A revelação teria sido feita por assessores da presidência a jornalistas da GloboNews e da Agência Reuters.

Na quarta-feira (17), o ministro da Economia, Paulo Guedes, já deu uma primeira sinalização ao afirmar que “tem empresas que vão ser privatizadas que vocês nem suspeitam ainda”. Para a equipe econômica, a empresa ganhará mais liberdade para se modernizar e responder às mudanças no mercado promovidas pelo comércio eletrônico sem a União como controladora.

Em 2017, os Correios registraram lucro de R$ 667,3 milhões.

O governo ainda não confirmou oficialmente a informação.

 

 

Veja também:  Janaína Paschoal: Bolsonaro "precisa parar com tanta xaropada e focar no trabalho"

Fórum em Brasília, apoie a Sucursal

Fórum tem investido cada dia mais em jornalismo. Neste ano inauguramos uma Sucursal em Brasília para cobrir de perto o governo Bolsonaro e o Congresso Nacional. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Clique no link abaixo e faça a sua doação.

Apoie a Fórum