ASSISTA
20 de julho de 2014, 15h20

Governo de MG construiu aeroporto em fazenda de parente de Aécio Neves

A obra, que custou quase R$ 14 milhões, foi realizada durante o segundo mandato do tucano como governador do estado. Embora construído com dinheiro público, o aeroporto fica sob os cuidados dos familiares de Aécio Por Redação O Governo de Minas Gerais desembolsou R$13,9 milhões para construir um aeroporto na fazenda do tio-avô de Aécio […]

A obra, que custou quase R$ 14 milhões, foi realizada durante o segundo mandato do tucano como governador do estado. Embora construído com dinheiro público, o aeroporto fica sob os cuidados dos familiares de Aécio

Por Redação

O Governo de Minas Gerais desembolsou R$13,9 milhões para construir um aeroporto na fazenda do tio-avô de Aécio Neves, candidato à presidência da República pelo PSDB. A obra foi realizada durante o segundo mandato do tucano como governador do estado. As informações são do jornal Folha de S.Paulo.

De acordo com a reportagem, o aeroporto fica no município de Cláudio, localizado a 150 km da capital Belo Horizonte. Ficou pronto em outubro de 2010 e é administrado pela família de Múcio Guimarães Tolentino, de 88 anos, irmão da avó de Aécio. Quem guarda as chaves do portão são os antigos donos do terreno – para pousar por lá, inclusive, é necessária a autorização de filhos de Tolentino.

O local não tem funcionários e sua operação ainda não é considerada regular pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). Segundo a matéria, o órgão não recebeu do estado de Minas Gerais todos os documentos para realizar a homologação do aeroporto e permitir que seja aberto ao público.

O terreno ocupado pela pista foi desapropriado pelo governo estadual antes da licitação da obra – que faz parte de um programa, lançado por Aécio Neves, para aumentar o número de aeroportos de pequeno e médio porte em Minas. Até hoje, Múcio Tolentino contesta na Justiça o valor da indenização.

Em nota postada em sua página no Facebook, o presidenciável se manifestou sobre o assunto. “O aeroporto foi construído em área pertencente ao Estado, não havendo portanto o investimento público em área privada afirmado no título da reportagem”, escreveu. O tucano afirmou também que “todas as atitudes do governo de Minas Gerais referentes ao aeroporto de Cláudio se deram dentro da mais absoluta transparência e lisura”.

Foto: George Gianni/PSDB