Imprensa livre e independente
17 de março de 2016, 13h01

Governo irá recorrer ainda hoje contra suspensão da posse de Lula

Para advogado-geral da União, José Eduardo Cardozo, a iniciativa não tem amparo legal. Decisão da Justiça foi determinada nesta quinta-feira (17) pelo magistrado Itagiba Catta Preta Neto, conhecido nas redes sociais como um declarado manifestante antipetista.

Para advogado-geral da União, José Eduardo Cardozo, a iniciativa não tem amparo legal. Decisão da Justiça foi determinada nesta quinta-feira (17) pelo magistrado Itagiba Catta Preta Neto, conhecido nas redes sociais como um declarado manifestante antipetista Por Redação De acordo com informações dadas à imprensa pelo advogado-geral da União, José Eduardo Cardozo, o governo federal irá recorrer imediatamente da decisão que suspendeu a posse do ex-presidente Lula como ministro da Casa Civil, por entender que a iniciativa não tem amparo legal. Nesta quinta-feira (17), o juiz Itagiba Catta Preta Neto, da Justiça Federal de Brasília, determinou a suspensão do ato de nomeação de Lula pouco...

Para advogado-geral da União, José Eduardo Cardozo, a iniciativa não tem amparo legal. Decisão da Justiça foi determinada nesta quinta-feira (17) pelo magistrado Itagiba Catta Preta Neto, conhecido nas redes sociais como um declarado manifestante antipetista

Por Redação

De acordo com informações dadas à imprensa pelo advogado-geral da União, José Eduardo Cardozo, o governo federal irá recorrer imediatamente da decisão que suspendeu a posse do ex-presidente Lula como ministro da Casa Civil, por entender que a iniciativa não tem amparo legal.

Nesta quinta-feira (17), o juiz Itagiba Catta Preta Neto, da Justiça Federal de Brasília, determinou a suspensão do ato de nomeação de Lula pouco depois da cerimônia realizada no Palácio do Planalto, em que o petista foi empossado pela presidenta Dilma Rousseff. A alegação do magistrado é de que haja indícios de cometimento de crime de responsabilidade.

Porém, as redes sociais dele mostram que a atitude está longe de ser isenta, já que Catta Preta Neto é reconhecido como um declarado manifestante antipetista. Em sua página no Facebook, o juiz fazia postagens contra o governo e convocava seus seguidores para as manifestações. “Fora Dilma”, escreveu na legenda de uma foto publicada na noite desta quarta-feira (16), em que aparece em um protesto contra a nomeação de Lula.

Veja também:  ‘Lulaço’ para o maior shopping de João Pessoa neste domingo (vídeo)

Depois de seu nome vir a público, ele não só apagou as postagens políticas como também desativou sua conta do Facebook. A Fórum, no entanto, com a ajuda de internautas, conseguiu registrar algumas publicações antes que a página saísse do ar. Confira.

Reprodução/Facebook

Reprodução/Facebook

Reprodução/Facebook

Reprodução/Facebook

Reprodução/Facebook

Reprodução/Facebook

itagiba3

Reprodução/Facebook

Fórum em Brasília, apoie a Sucursal

Fórum tem investido cada dia mais em jornalismo. Neste ano inauguramos uma Sucursal em Brasília para cobrir de perto o governo Bolsonaro e o Congresso Nacional. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Clique no link abaixo e faça a sua doação.

Apoie a Fórum