Imprensa livre e independente
15 de janeiro de 2018, 20h03

Governo Temer estaria fechando parceria com o Google para aprovar reforma da Previdência

A ideia é que buscas sobre o termo “reforma da Previdência” sejam redirecionadas para o conteúdo oficial do governo – ou seja, favorável à proposta – e não mais para matérias jornalísticas Por Redação Uma suposta parceria que o governo de Michel Temer estaria fechando com o Google pode mudar completamente a opinião de uma parcela da população com relação à reforma da Previdência. De acordo com a coluna de Lauro Jardim, no jornal O Globo, representantes do Planalto se reuniram na semana passada com representantes do Google Brasil para fechar essa parceria. Ajude a Fórum a fazer a cobertura...

A ideia é que buscas sobre o termo “reforma da Previdência” sejam redirecionadas para o conteúdo oficial do governo – ou seja, favorável à proposta – e não mais para matérias jornalísticas

Por Redação

Uma suposta parceria que o governo de Michel Temer estaria fechando com o Google pode mudar completamente a opinião de uma parcela da população com relação à reforma da Previdência. De acordo com a coluna de Lauro Jardim, no jornal O Globo, representantes do Planalto se reuniram na semana passada com representantes do Google Brasil para fechar essa parceria.

Ajude a Fórum a fazer a cobertura do julgamento do Lula. Clique aqui e saiba mais.

De acordo com a coluna, o Google teria apresentado uma proposta de passar a direcionar os resultados das buscas para o termo “reforma da Previdência” para os conteúdos oficiais do governo – que são, evidentemente, favoráveis à reforma.

Isso significaria, por exemplo, que quando um trabalhador rural procurasse por “reforma da Previdência” no buscador, apareceria como resultado um trecho do texto oficial do governo em que “garante” que aquele profissional não será afetado pela proposta. As matérias jornalísticas críticas à reforma, neste caso, ganhariam menos destaque entre os resultados.

Veja também:  Repreendido mais uma vez por Paulo Guedes, Bolsonaro minimiza manifestações do dia 26

Fórum entrou em contato com as assessorias do Google e do Governo Federal para obter mais detalhes sobre a suposta parceria, mas não obteve retorno até a publicação desta nota.

Foto: Lula Marques

 

Fórum em Brasília, apoie a Sucursal

Fórum tem investido cada dia mais em jornalismo. Neste ano inauguramos uma Sucursal em Brasília para cobrir de perto o governo Bolsonaro e o Congresso Nacional. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Clique no link abaixo e faça a sua doação.

Apoie a Fórum