Imprensa livre e independente
20 de fevereiro de 2019, 17h10

Haddad: “Bolsonaro quer criar uma legião de idosos pobres. É um Temer obscurantista!”

Pelo Twitter, ex-prefeito de São Paulo criticou a proposta de reforma da Previdência Social, apresentada pela equipe de governo

Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil
Fernando Haddad (PT), ex-prefeito de São Paulo e candidato à presidência nas eleições de 2018, usou sua conta no Twitter para criticar a proposta de reforma da Previdência Social, apresentada nesta quarta-feira (20) por Jair Bolsonaro ao Congresso Nacional. Para ele, o plano vai empurrar os idosos brasileiros à miséria. “Bolsonaro quer criar uma legião de idosos pobres. É um Temer obscurantista!”, escreveu Haddad, em sua página nas redes sociais. Bolsonaro quer criar uma legião de idosos pobres. É um Temer obscurantista! — Fernando Haddad (@Haddad_Fernando) 20 de fevereiro de 2019 Com a nova crise instalada no Palácio do Planalto...

Fernando Haddad (PT), ex-prefeito de São Paulo e candidato à presidência nas eleições de 2018, usou sua conta no Twitter para criticar a proposta de reforma da Previdência Social, apresentada nesta quarta-feira (20) por Jair Bolsonaro ao Congresso Nacional. Para ele, o plano vai empurrar os idosos brasileiros à miséria.

“Bolsonaro quer criar uma legião de idosos pobres. É um Temer obscurantista!”, escreveu Haddad, em sua página nas redes sociais.


Com a nova crise instalada no Palácio do Planalto e a declaração de que o grupo Globo é inimigo, Jair Bolsonaro fugiu da imprensa e saiu sem falar com os jornalistas que fizeram a cobertura da entrega da proposta da reforma da Previdência aos presidentes do Senado, Davi Alcolumbre, e da Câmara, Rodrigo Maia, na manhã desta quarta-feira (20).

Nossa sucursal em Brasília já está em ação. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Saiba mais.

Veja também:  É falso que governador do Maranhão trocou bandeira nacional pela comunista

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum