14 de setembro de 2018, 21h08

Haddad começa entrevista no Jornal Nacional com ‘boa noite’ para Lula

De gravata vermelha, o candidato do PT, antes de responder à primeira pergunta, que era sobre corrupção, fez questão de saudar Lula, que era o candidato antes de seu nome ser oficializado: "Milhões de brasileiros gostariam de vê-lo na corrida presidencial"

Reprodução

Fernando Haddad, candidato à presidência pelo PT, começou sua entrevista no “Jornal Nacional”, da Globo, na noite desta sexta-feira (14), dando “boa noite” ao ex-presidente Lula.

O petista saudou Lula antes de responder à primeira pergunta: “Boa noite, Renata. Boa noite, William. Boa noite, presidente Lula. Milhões de brasileiros gostariam de vê-lo na corrida presidencial”, afirmou.

A primeira pergunta foi de Renata Vasconcellos. A jornalista questionou Haddad o motivo pelo qual o PT não teria feito uma auto-crítica com relação aos escândalos de corrupção.

Na resposta, Haddad foi direto: “Há governos que fortalecem os mecanismos de combate à corrupção e há governos que enfraquecem. O PT foi o partido que mais fortaleceu”.

Leia também
Haddad foi interrompido 62 vezes no ‘Jornal Nacional’; Alckmin, 17