Imprensa livre e independente
20 de setembro de 2018, 21h52

Haddad começa seu primeiro debate como candidato cumprimentando Lula

O candidato do PT participa de seu primeiro debate presidencial, promovido pela CNBB e TV Aparecida; logo em sua primeira fala, lembrou Lula e prometeu "Justiça apartidária"

Reprodução
Fernando Haddad  participa na noite desta quinta-feira (20) de seu primeiro debate entre presidenciáveis como o candidato do PT e já fez sua primeira inserção lembrando Lula, que era o candidato do partido antes das decisões judiciais que impugnaram sua candidatura. “Quero cumprimentar meus adversários e quero cumprimentar Lula, que está nos assistindo neste momento”. O encontro, realizado no Santuário Nacional de Aparecida (SP), é promovido pela CNBB e pela TV Aparecida. A primeira fala de Haddad se deu como resposta a uma pergunta do cardeal Dom Odilo Scherer sobre corrupção e sobre quais seriam os caminhos para “retomar a...

Fernando Haddad  participa na noite desta quinta-feira (20) de seu primeiro debate entre presidenciáveis como o candidato do PT e já fez sua primeira inserção lembrando Lula, que era o candidato do partido antes das decisões judiciais que impugnaram sua candidatura. “Quero cumprimentar meus adversários e quero cumprimentar Lula, que está nos assistindo neste momento”.

O encontro, realizado no Santuário Nacional de Aparecida (SP), é promovido pela CNBB e pela TV Aparecida.

A primeira fala de Haddad se deu como resposta a uma pergunta do cardeal Dom Odilo Scherer sobre corrupção e sobre quais seriam os caminhos para “retomar a ética e fortalecer a democracia”. Após cumprimentar seu padrinho político, o petista sugeriu o fortalecimento dos mecanismos de combate à corrupção e prometeu uma “Justiça apartidária”.

“Vamos fortalecer todas as instituições que combatem a corrupção, sem preferencia partidária. Individualizar aqueles que cometeram ilícitos e punir exemplarmente. Controladoria forte, policia forte, Ministério Público forte e Justiça forte e apartidária”, disse.

“Isso que fizemos quando governamos. Fortalecemos para que a sujeira não fosse para debaixo do tapete”, completou o candidato.

Veja também:  Mensagens no Telegram já foram usadas para reforçar condenações no TRF-4

Acompanhe o debate ao vivo aqui.

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum