10 de outubro de 2018, 21h39

Haddad ironiza Bolsonaro: “Nem olho para ele se ele ficar com muito receio”

Candidato do PT postou uma foto com sua presença confirmada em todos os debates do segundo turno e abriu um leque de opções para que Bolsonaro, que tem se recusado a debater, possa participar: "Meu adversário falou que não quer se estressar, eu não vou estressar ele. Vou falar da forma mais calma possível"

Foto: Ricardo Stuckert

O candidato à presidência pelo PT, Fernando Haddad, voltou, na noite desta quarta-feira (10), a falar sobre o fato de seu adversário, Jair Bolsonaro (PSL), ter se recusado a participar dos debates eleitorais. Pela manhã, Haddad disse que debateria com Bolsonaro “até em uma enfermaria”.  Em nova postagem, o petista divulgou a confirmação de sua presença em todos os debates e abriu um leque de opções para que o candidato do PSL possa participar também.

“Meu adversário falou que não quer se estressar, eu não vou estressar ele. Vou falar da forma mais calma possível. Não altero a voz. Nem olho para ele se ele ficar com muito receio. Faço o que ele quiser para ele poder falar o que pensa e debater o país. Com assistência médica, enfermaria, em qualquer ambiente”, escreveu o ex-prefeito.

O capitão da reserva justifica sua não participação nos debates com atestados e recomendações médicas. Ele ainda não estaria apto a debater devido ao ataque que sofreu há mais de um mês. Ele tem, no entanto, gravado entrevistas e já, inclusive, marcou um ato público de campanha.