30 de junho de 2018, 09h22

Haddad se torna advogado de Lula e poderá visitá-lo todos os dias

Formando em Direito e registrado na OAB, o ex-prefeito de São Paulo, que é coordenador da campanha de Lula, passará a integrar a defesa do ex-presidente e, com isso, poderá visitá-lo com mais frequência para despachar assuntos de campanha

Lula e Haddad. Foto: Ricardo Stuckert

Depois do deputado federal e ex-presidente da OAB-RJ, Wadih Damous, o ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, passará a integrar a defesa do ex-presidente Lula, preso há mais de dois meses em Curitiba.

Coordenador da campanha do petista, Haddad é formado em Direito e tem registro na OAB. Ao ser nomeado como advogado de Lula, Haddad poderá visitar o ex-presidente diariamente para despachar assuntos de campanha. Até então, o ex-prefeito só estava autorizado a visitar Lula uma vez por semana.

Desde que Lula foi preso, Haddad, que é tido como um dos principais nomes do PT para encabeçar a chapa do partido caso o ex-presidente seja impedido de concorrer à presidência, havia conseguido visitar o ex-presidente apenas duas vezes. Na última quinta-feira (28), na saída da superintendência da Polícia Federal, a presidenta do PT, senadora Gleisi Hoffmann, afirmou que Lula deseja ver o ex-prefeito de São Paulo diariamente.

Leia também

Haddad e Gleisi visitam Lula e reafirmam registro de candidatura em 15 de agosto

Haddad fica só atrás de Bolsonaro com apoio de Lula, diz nova pesquisa XP

*Com Carta Capital