Imprensa livre e independente
12 de outubro de 2018, 15h50

Haddad sobre Bolsonaro: “Casamento do neoliberalismo desalmado com fundamentalismo charlatão”

Candidato do PT subiu o tom contra o capitão da reserva: "O que está pro trás dessa aliança de Bolsonaro em latim se chama auri sacra fames: fome de dinheiro"

Reprodução/Facebook
O candidato à presidência pelo PT, Fernando Haddad, subiu o tom contra seu adversário Jair Bolsonaro (PSL) em entrevista coletiva concedida na manhã desta sexta-feira (12) em São Paulo. Após participar de uma missa para Nossa Senhora Aparecida na Paróquia Santos Mártires, no Jardim Ângela, periferia da capital paulista, Haddad voltou a cobrar a participação de Bolsonaro nos debates e afirmou que o candidato do PSL não tem projeto para o país, “a não ser armar a população para que se matem”. “Sabe o que é o Bolsonaro? Ele é um casamento do neoliberalismo desalmado, representado pelo Paulo Guedes, que corta...

O candidato à presidência pelo PT, Fernando Haddad, subiu o tom contra seu adversário Jair Bolsonaro (PSL) em entrevista coletiva concedida na manhã desta sexta-feira (12) em São Paulo.

Após participar de uma missa para Nossa Senhora Aparecida na Paróquia Santos Mártires, no Jardim Ângela, periferia da capital paulista, Haddad voltou a cobrar a participação de Bolsonaro nos debates e afirmou que o candidato do PSL não tem projeto para o país, “a não ser armar a população para que se matem”.

“Sabe o que é o Bolsonaro? Ele é um casamento do neoliberalismo desalmado, representado pelo Paulo Guedes, que corta direitos trabalhistas e sociais, com o fundamentalismo charlatão do Edir Macedo”, disparou o ex-prefeito, que ainda completou. “O que está pro trás dessa aliança de Bolsonaro em latim se chama auri sacra fames: fome de dinheiro. Só pensa em dinheiro”.

Assista.

Veja também:  Bolsonaro divulga vídeo de pastor que diz que ele foi "escolhido por Deus" para comandar o Brasil

Fórum em Brasília, apoie a Sucursal

Fórum tem investido cada dia mais em jornalismo. Neste ano inauguramos uma Sucursal em Brasília para cobrir de perto o governo Bolsonaro e o Congresso Nacional. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Clique no link abaixo e faça a sua doação.

Apoie a Fórum