20 de janeiro de 2019, 12h26

Haddad suspeita de conexão entre R$ 7 milhões de Queiroz e patrimônio da família Bolsonaro

“A Thread do escândalo Bolsonaro: Os R$ 7 milhões do Queiroz. Logo logo se explica a evolução patrimonial”, tuitou o ex-prefeito de São Paulo

Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil Fernando Haddad, ex-prefeito de São Paulo, voltou a se manifestar, em sua conta no Twitter, sobre o escândalo envolvendo Flávio Bolsonaro e seu ex-assessor Fabrício Queiroz. Depois da informação, divulgada neste domingo, de que Queiroz movimentou em suas contas R$ 7 milhões em um período de três anos, e não R$ 1,2 milhão, como foi divulgado em dezembro, Haddad relacionou esse dinheiro ao patromônio da família Bolsonaro. Fórum terá um jornalista em Brasília em 2019. Será que você pode nos ajudar nisso? Clique aqui e saiba mais “A Thread do escândalo Bolsonaro: Os R$ 7 milhões do Queiroz....

Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

Fernando Haddad, ex-prefeito de São Paulo, voltou a se manifestar, em sua conta no Twitter, sobre o escândalo envolvendo Flávio Bolsonaro e seu ex-assessor Fabrício Queiroz.

Depois da informação, divulgada neste domingo, de que Queiroz movimentou em suas contas R$ 7 milhões em um período de três anos, e não R$ 1,2 milhão, como foi divulgado em dezembro, Haddad relacionou esse dinheiro ao patromônio da família Bolsonaro.

Fórum terá um jornalista em Brasília em 2019. Será que você pode nos ajudar nisso? Clique aqui e saiba mais

“A Thread do escândalo Bolsonaro: Os R$ 7 milhões do Queiroz. Logo logo se explica a evolução patrimonial”, tuitou.


Haddad já havia se manifestado sobre o assunto neste sábado, quando, também via Twitter, postou uma reportagem da Folha de S.Paulo, de 7 de janeiro de 2018, cujo título é: “Patrimônio de Jair Bolsonaro e filhos se multiplica na política”.

Junto à matéria, o ex-prefeito de São Paulo comentou: ““A Thread do escândalo Bolsonaro deveria começar com essa esquecida reportagem. Afinal, como um deputado amealhou um patrimônio imobiliário de R$ 15 mi, sem aprovar um único projeto relevante? Qual a real função da sua assessoria?”.

Agora que você chegou ao final deste texto e viu a importância da Fórum, que tal apoiar a criação da sucursal de Brasília? Clique aqui e saiba mais