Imprensa livre e independente
04 de novembro de 2017, 11h19

Halloween à brasileira: Mulher se fantasia de “Gilmau Mendes” em festa de procuradores da República

Sátira foi feita no congresso da Associação Nacional de Procuradores (ANPR), que contava com um concurso de fantasias Por Redação* O Halloween, festa popular norte-americana, acaba de ganhar um novo personagem em sua versão à brasileira: o “Gilmau Mendes”. A invenção é de uma mulher que participou, nesta quinta-feira (2), do congresso da Associação Nacional de Procuradores (ANPR), realizado em um resort em Porto de Galinhas (PE). A programação do evento contava com uma festa e um concurso de fantasias e as fotos do Halloween dos procuradores acabaram sendo vazadas nas redes sociais. A que mais chamou a atenção foi...

Sátira foi feita no congresso da Associação Nacional de Procuradores (ANPR), que contava com um concurso de fantasias

Por Redação*

O Halloween, festa popular norte-americana, acaba de ganhar um novo personagem em sua versão à brasileira: o “Gilmau Mendes”. A invenção é de uma mulher que participou, nesta quinta-feira (2), do congresso da Associação Nacional de Procuradores (ANPR), realizado em um resort em Porto de Galinhas (PE).

A programação do evento contava com uma festa e um concurso de fantasias e as fotos do Halloween dos procuradores acabaram sendo vazadas nas redes sociais. A que mais chamou a atenção foi a da mulher que vestia uma capa e uma máscara com uma foto bizarra do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF).

Procurada, a ANPR se limitou a informar que a mulher que satirizou o ministro não é procuradora e sim familiar de um participante do evento.

*Com informações da Folha de S. Paulo

Veja também:  Gilmar Mendes diz que Moro era chefe da Lava-Jato: “Dallagnol, está provado, é um bobinho”

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum